ESSE CARA SOU EU!

Continua o chororô pela minha saída de O Globo, o jornal que ficava estacionado na frente do meu Dodge Dart 73, enferrujado. Muitos leitores entraram em depressão, outros tentaram o suicídio e eu até soube de fonte segura que muitos imortais da ABL (Academia Brasileira de Lontras), ao tomarem conhecimento da “descontinuação” da minha coluna, tiveram uma síncope e quase abriram várias vagas ali mesmo. Calma, “rapazes”, eu continuo firme e forte aqui em www.casseta.com.br/agamenon escrevendo minha coluna dominical que agora sai na quinta e, o que é melhor, num esquema 0-800, totalmente de grátis! Sem meus textos brilhantes e geniais (não necessariamente nesta ordem), agora ninguém precisa mais comprar O Globo no domingo. E nos outros dias também.

É bom mesmo a gente economizar uma grana porque a inflação está de volta. Com exceção do meu bilau, está tudo subindo! O tomate está sendo vendido em joalherias e hoje em dia só dá para comprar batata no Village Mall, o shopping dos milionários abonados. E a pergunta que não quer calar é: tem culpa quem? Tem culpa quem? Eu sei que é um trocadilho infame mas a política econômica da presidenta Dilma Roskoff também é e ninguém fala nada…

Lá em casa, a situação está preta, quer dizer, a situação está afro-descendente! Estamos economizando almoço pra poder jantar! E para tentar descolar algum por fora, resolvemos alugar o porta luvas do meu Dodge Dart 73, enferrujado, onde residimos para vários jovens que estão vindo aí para a Jorrada, quer dizer, Jornada Mundial da Juventude. Isaura, a minha patroa, empreendedora nata, vai receber os garotões católicos no sistema de “bed & breakfast”, aliás, mais bed do que breakfast… Pecadora praticante, Isaura, a minha patroa, faz questão de mostrar aos rapazes os principais pontos turísticos da cidade: a Vila Mimosa, as Termas Centaurus, o Calçadão da Avenida Atlântica e o Piranhão, onde funciona a prefeitura de alta rotatividade.

[divide]

PENSAMENTO DO DIA, QUER DIZER, DO GLOBO

“Depois da tempestade vem a gastança.”

Guido Manteiga, ministro sem sal

[divide]

Impressionada com os preços dos vegetais de duplo sentido no Brasil, Nigella não comprou nada na feira. Acabou levando só uma banana, no caso, a minha.

[divide style=”2″]

FIGURAÇA DA SEMANA

Nigella Lawson – como sei falar várias línguas com o mesmo sotaque, fui convidado para ciceronear a famosa cozinheira da TV britânica Nigella em sua turnê vitoriosa pelo Brasil. Para desespero da ciumenta Isaura, a minha patroa, eu e a curvelínea Nigella começamos um tórrido affair e agora passamos os dias trancados no quarto do seu hotel comendo. Eu a ela e ela a mim. Nigella adorou a coxinha, mas eu preferi o seu coxão porque mulher pra mim é igual corrimão: você tem que ter onde segurar. Para não dar na pinta levei a Nigella lá em casa para saborear a famosa rabada da Isaura, a minha patroa, que é bem servida e dá pra mais de 20 pessoas. Gulosa, Nigella, mostrou que é mesmo onívora e caiu de boca na untuosa rabada da Isaura até se fartar. Apesar de milionária e aristocrática, Nigella não estava nem aí pra etiqueta e chupou o osso até o tutano sair! Apesar de ser boa de boca, Banguella Lawson não é páreo para Guilherme Cafif Domingos que, guloso, resolveu acumular abocanhando o cargo de vice governador e ministro das Pequenas Empresas e Grandes Negócios. Esse sim não larga o osso!

 

Agamenon Mendes Pedreira é jornalista de primeira necessidade.

banner_arte_02

5 Comentários

  1. Marco Queiroz   •  

    Nigella fez omelete com os ovos de Agamenon?

  2. Zé Henrique   •  

    A rabada da Isaura dá pra 20 comer?

  3. João   •  

    A Nigella é irmã da Nutella?

  4. Poxa, eu não entendi o motivo da saída da coluna do jornal….aqui vai uma pergunta: Então quer dizer que o outro Blog (link) do agamenon: http://oglobo.globo.com/cultura/agamenon/ será desativado?

    Aqui vai uma dica para o próximo post Agamenon: Fiquei sabendo que com pena de você estar sem “emprego” e entregue as baratas, o grupo Anonymous já com plenos conhecimentos da sua exímia experiência com computadores e internet acabaram por lhe chamar para fazer falcatruas pela internet. Boatos, lendas etc dizem as línguas entre os integrantes do alto escalão do Anonymous que você é tão PHODA na internet que consegue hackear sites do FBI e CIA usando uma maquina de escrever Olivetti modelo 1975.

    É verdade isso?

  5. Christovão Júnior   •  

    Permita-me uma modesta sugestão: Que tal se referir a nossa presidente como governanta? Governante não é quem governa? Ela não faz questão do emprego do feminino? Então?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *