A COPA DA INTOLERÂNCIA

Além dos linchamentos, depredações, quebra-quebras e incêndios em ônibus que vão esquentar a Copa, o Brasil também vai dar um show de preconceitos durante o Mundial. E começou pelo juiz que resolveu que a umbanda e o candomblé não são religiões. Como não são? Perguntem a qualquer galinha preta que ela confirma na hora! Todo mundo sabe que a ave afrodescendente representa para os orixás o mesmo que o cordeiro para os cristãos, o porco para os judeus e o peru para os presbiterianos.

Os cultos de origem afro-negona são uma tradição da cultura brasileira! Nosso povo inzoneiro e malemolente é tão religioso que, pra se garantir com a galera do além, pratica várias religiões ao mesmo tempo. O brasileiro acredita em qualquer coisa. É muito comum um brazuca ser católico apostólico macumbeiro e espírita ortodoxo, tudo junto e misturado em perfeita sincronia e sincretismo religioso. Por isso mesmo, só a hiper religiosidade e a fé infinita do nosso povão explicam a crença de que as obras da Copa vão ficar prontas a tempo.

Felizmente, o juiz umbandofóbico resolveu voltar atrás (no bom sentido, é claro) e disse que pisou na bola por causa do clima futebolo-cêntrico que o país vive atualmente. Esse episódio mostrou mais uma vez que não existe racismo no Brasil, só preconceito de cor. Por causa disso, nossa população afro-negona não vai conseguir ver os jogos nem pelo sistema de cotas. Só se pagar uma grana preta, quer dizer, uma grana afrodescendente na mão dos cambistas.

Outra manifestação deslavada de intolerância é o carimbo que estão dando no ingresso do filme Praia do Futuro, estrelado por Wagner Moura. Antes de vender o ingresso, o bilheteiro explica que o filme tem cenas de homossexualismo entre dois homens do mesmo sexo e carimba: AVISADO. Ora, se era pra prevenir o público careta e conservador deveriam botar HÁ VIADO no ticket. Isso é um absurdo homofóbico e anacrônico, justamente num país que tem uma presidenta cross-dresser no poder. Já o público GLS, também insatisfeito, reivindica o direito de pagar meia e fazer meia no meio da sessão. Ora, se o Capitão Nascimento quer salvar um bofe alemão do afogamento de ganso praticando a respiração boca-a-boca, isso é problema dele e ninguém tem nada a ver com isso!

Ao contrário dos estádios brasileiros, os brasileiros já estão prontos para extorquir os turistas durante a Copa.

Ao contrário dos estádios brasileiros, os brasileiros já estão prontos para extorquir os turistas durante a Copa.

 

AGAAgamenon Mendes Pedreira é ateu apostólico agnóstico romano praticante.

425
ao todo.
banner_arte_02

6 Comentários

  1. Elisa   •  

    Viva, Agamenon na Veja!! Parabéns, Hubert e Marcelo!

  2. Saulo Suvobida Borges   •  

    … Viva agmenon na VEJA …

    E VOCES DO CASSETA VÃO CONTINUAR POSTANDO NA INTERNET AINDA ? …

    OBRIGADO … RESPONDAM – ME … (Y) …

    … (Y) …

      • Saulo Suvobida Borges   •  

        … OBRIGADO !!!!!!! … (Y) …

  3. Angel Yañez   •  

    Que ótima notícia!!! Parabéns pelo ingresso na Veja!!!

  4. Heloisa Pereia da Silva   •  

    Agamenon se é o que vc deseja.Vá e parabéns.
    espero que a grana seja boa e vc possa subs-
    tituir o teu Dodge.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *