WALKING DILMA

Como o diria o Profeta (não me perguntem qual): “nada como uma Dilma após a outra”. A presidente mal assumiu seu mandato e já se transformou num cadáver político ambulante que se arrasta espalhando o terror em Brasília. A primeira presidenta-zumbi do país vaga pelas ruas da Capital Federal em busca de cérebros humanos. O pior é que, hoje em dia, é muita pequena a chance de alguém encontrar algum cérebro em Brasília.

A administração Dilma Roskoff sempre foi marcada pelo medo e pelo terror. Não é à toa que o vice da presidenta é o Michel Temer, que já estrelou vários filmes de horror no papel de vampiro e mordomo. Sem falar dos horripilantes Desgraça Foster e Cerveró, que participaram do thriller de horror “Eu Sei O Quer Vocês Fizeram nos Anos Passados”. Infelizmente, a bilheteria milionária desse filme foi roubada pra fazer Caixa 2 na campanha do PT (Partido da Tranca).

Desesperados, os políticos que estão na Lista do Janot se trancaram em casa, abastecidos de víveres, água mineral, calmantes tarja preta e propinas, sem os quais eles não conseguem sobreviver. O clima no Distrito Federal é de pavor relativo e pânico moderado. Neste ambiente de terror político insuportável, a procura por garotas de programa e advogados está batendo todos os recordes. Nessas horas críticas, os políticos procuram essas duas categorias profissionais pra conseguir um habeas corpus.

Renan Canalheiros e Eduardo Pulha formaram uma milícia de oposição que sai pela noite dando tiros nos zumbis dos ministérios. Mesmo bem armados, é uma tarefa dura: são mais de 40 ministérios! Exterminar todas essas criaturas nojentas, asquerosas, viscosas e gosmentas, indicadas pela base aliada, é uma tarefa quase impossível!

O futuro do Brasil está nas mãos do juiz Teori Xavascky. Eu admiro Xavascky! Eu acompanho Xavascky. Eu aplaudo Xavascky! Eu beijo Xavascky! Perguntem só pra Isaura, a minha patroa, que não me deixa mentir. Só a Dilma que, segundo as más línguas, também gosta de Xavascky.

dilma

A primeira presidenta- zumbi do país vaga pelas ruas da Capital Federal em busca de cérebros humanos. O pior é que, hoje em dia, é muita pequena a chance de alguém encontrar algum cérebro em Brasília.

Agamenon Mendes Pedreira é presidente da Nação Zumbi.

banner_arte_02

5 Comentários

  1. Pingback: Leia a coluna do Agamenon: “Walking Dilma” « Marcelo Madureira – VEJA.com

  2. Pedro Carbone   •  

    E O POVO COMO SEMPRE SÓ TOMANDO NA XAVASCKY!!!

  3. Cesar   •  

    Quem não gosta de um Xavascky?

  4. Pingback: Leia a coluna do Agamenon: “Walking Dilma” | Marcelo Madureira | VEJA.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *