O MEU BURACO É MAIS EMBAIXO!

Graças a Dilma Roskoff e a Luísque Inácio Lula da Silva, o Brasil está no buraco. E o que é pior: o buraco foi vendido pra China, já que a PTbras, líder mundial em negociatas profundas, não tem dinheiro nem mais pra ficar no buraco. Mas não é só a Petrobras que está quebrada. Eu também estou a neném, no maior miserê, vivendo de favor na Rua da Amargura, fundos, onde está estacionado o meu Dodge Dart 73, enferrujado. Se não fosse a Isaura, a minha patroa, que consegue levantar algum “por fora” (mesmo que seja por dentro), eu já estaria na cracolândia, dando entrevista pro Craco Barcellos ou para alguma das estagiárias gostosas do Profissão Repórter. Se a coisa continuar assim tão braba pra cima de mim, em breve vou me transformar em modelo exclusivo do fotógrafo Sebastião Salgado.

Mas o pior disso tudo é a suprema humilhação de ter me tornado um blogueiro da internet onde ninguém lê os meus geniais artigos, com exceção, é claro, dos meus 17 seguidores e meio. Aliás, o anão pediu o boné porque está trabalhando na série Game of Thrones e não tem mais tempo para ler minha coluna.

Eu deveria ter seguido os conselhos da minha mãe, que sempre me disse pra fazer concurso pra Petrobras e entrar no PT. Assim, eu teria sempre o que roubar e não ia faltar nada na minha conta bancária, que, de tão vazia e lúgubre, dá medo até no meu gerente. Para não decepcionar inteiramente a minha pobre mãezinha, eu acabei me enveredando na carreira criminal, mais especificamente no jornalismo marrom. Mas os jornais e as revistas estão acabando e os periódicos de imprensa não exercem mais a sua função primordial, que é a de embrulhar peixes e outros frutos do mar perecíveis. Quem é vai embrulhar um robalo ou badejo num tablet da Samsung ou num iPad?

07-05 blog

A Rainha Elizabeth estava no trono quando o lacaio real bateu na porta do toalete avisando que sua bisneta Sophie Charlote tinha nascido.

Agamenon Mendes Pedreira é cronista crônico.

banner_arte_02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *