BLA-BLA-BLATTER

Por conta do escândalo do Fifalão, o outrora Todo Phoderoso presidente da FIFA (Federação Internacional de Falcatruas Anônimas) renunciou ao seu cargo mesmo tendo sido reeleito. Eu acho que a presidenta Dilma Roskoff deveria seguir o exemplo de Joseph Roublatter e pedir pra sair. A corrupção na CAFIFA e suas afiliadas (entre elas, a nossa CBF – Confederação Bandalheira de Futebol) é coisa antiga. A roubalheira começou no reinado de João Havelhange, o decano cartola que introduziu a cavadinha na corrupção e criou milhares de foderações futebolísticas em lugares como Samoa, Timor Leste e Usbesqusitão. Nesses remotos e obscuros paisecos ninguém joga bola, mas, em compensação, rouba que é uma beleza.
Eu deveria ter ouvido a minha querida mãezinha, que sempre me dizia que eu tinha que ser dirigente de futebol. E a velha tinha toda razão: se, em vez de ser jornalista, eu fosse cartola, hoje estaria milionário e preso. Quem também está pela bola 7 é o francês Jerôme Valcke, aquele que disse antes da Copa que o Brasil tinha que levar “um chute no traseiro”. O traseiro de Valcke agora é que corre o risco de levar não só um chute, mas algo bem mais doloroso!
Agora será realizada uma nova eleição na FIFA e já começou a corrida para a presidência da entidade fute-roubolística. Um dos candidatos é o jogador português Figo, que disse que está maduro para o cargo. Quem também está no páreo é o Platini e até o nosso craque Zico, o Galeto de Quintino. Mas quem está pensando seriamente em se candidatar é o ex-presidente em exercício Luísque Inácio Lula da Silva. Lula está com o maior medo de não ganhar a eleição de 2018 por causa do catastrófico governo da Dilma e quer ser presidente da FIFA mesmo sem falar inglês, francês e português. Além disso, Lula sempre sonhou em morar na Suíça, onde vai poder ficar perto do dinheiro roubado pelos seus companheiros do PT e torcer pelo seu Corinthians de Zurique, o Zuricão.

03-06 Imagem - Agamenon

Agamenon Mendes Pedreira, desempregado crônico, continua no maior miserê e teve que vender seu par de chifres num leilão para ter o que comer.

Agamenon Mendes Pedreira é jornalista de fim de semana.

banner_arte_02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *