BROXIT

Os escândalos no Brasil se sucedem em ritmo alucinante, é quase impossível acompanhar. Semana passada foi o lance do Custo Brasil e nesta semana estourou o escândalo Boca Livre da Lei Roubanet. Isso me enche de indignação, principalmente porque não participei de nenhum deles. Sinto-me-ei (perdoem os “temerismos”) como um capado cego participando de uma bacanal! Está todo mundo se divertindo menos eu, que não enxergo nada nem ninguém pra colocar o que já não tenho mais. Essa da operação Boca Livre foi realmente sensacional. O sujeito conseguiu pagar o casamento do filho graças à Lei Rouanet! E não foi só o casório! Parece que que a lua de mel foi patrocinada pelo KY e pelo CIALIS em troca de isenção fiscal. A verdade é que a corrupção no Brasil é uma manifestação cultural, uma expressão autêntica da criatividade do nosso povo. Não vejo nada de mais em leis que incentivem a corrupção como as que já existem para o Teatro, o Cinema, o Carnaval, o Maculelê, o Saci-Pererê e a Mula-sem-Cabeça, que, aliás, sem encontra a salvo da extinção no Palácio da Alvorada.

A quase ex-presidenta Zica Roskoff está cada vez mais conectada na internet. Desta vez lançou um “craudifandin” para botar gasolina no jatinho da FAB. Para quem não sabe, “carudifandim” é uma espécie de cyber vaquinha. As pessoas contribuem pela internet para algum projeto ou ideia extravagante. Apesar da minha condição de desempregado profissional, estou querendo contribuir para a viagem da Dilma, mas só vou dar a grana da gasolina se ela for pra PQP! (Presidenta Que Partiu)

Como em toda viagem quase ex-presidencial, Dilma Roskoff tem direito de levar convidados na comitiva. Desde já sugiro uma lista: a senadora Gleysi Boffeman, o senador Underbergue Farias, o “adevogado” José Eduardo Cabuloso e a senadora Vamosnessa Graziotin e, é claro, aquele cabeleireiro japonês Celso Fatura, que transformou a Dilma na Marge Simpson. Muitos outros poderiam participar dessa viagem, mas, infelizmente, vários convidados já estão “presos” a outros compromissos.

Por falar em preso, cheguei à conclusão de que a Democracia brasileira, em vez de três, tem quatro poderes. A saber: o Executivo, o Legislativo, o Judiciário (que prende) e o Laxativo (que solta). Na chefia do Laxativo está o ministro Dias PToffoli, que soltou o ex-ministro Paulo Bastardo e seus comparsas. Paulo Felizardo foi o genial criador de mais um Programa de Inclusão Social. No caso, a dele mesmo: o Corrupção a Um Real, que foi mais uma obra do PAC (Programa de Aceleração da Corrupção). Graças à colaboração dos aposentados, pensionistas e funcionários públicos, que com apenas 1 real transformaram, da noite pro dia, dezenas de petistas pobres, miseráveis e sem escrúpulos em milionários miseráveis e sem escrúpulos. Esta ideia revolucionária de socialismo individualista foi do injustiçado ex-ministro Paulo Borrado indevidamente colocado na tranca pelo japonês da Federal, Fugiro Kagrana.

30-06

Apesar de procurado pela polícia carioca, o traficante Fat Family continua se apresentando em shows graças aos incentivos da Lei Roubanet.

Agamenon Mendes Pedreira está precisando de um “craudifandim”.

banner_arte_02

6 Comentários

  1. MLuciaLupionG   •  

    Vossa informaçã me é muito necessária.
    Agradeço a participação,mano!

  2. Cluz   •  

    Cara show de bola, uma análise hilariante de nossa conjuntura atual, mais certo impossível, parabéns

  3. Renato de Souza   •  

    A assessoria da Senadora Gleisi acaba de informar a esse vibrante jornalista que a Senadora Gleisi entende que o Ministro ele se comportou divinamente bem como Pai Toffoli, ”aquele que traz o seu marido de volta em três dias”! Por isso já recomendou os seus préstimos às companheiras Fátima Bezerra, Vanessa, Ideli e todas as militantes do grelo duro.

  4. Juca Lobato   •  

    Não precisa TEMER a Dilmanta não volta.

  5. Agamenon,

    KY patrocinando bacanal, é isso. O cego só tem uma saída, a retaguarda. XD
    Gostei do Plantão do Madureira sobre esse assunto.

    abraço
    Marcos

  6. Kiko   •  

    Agamenon você é o cara. Kkkk. Valeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *