O ÚLTIMO BAILE DO PARAÍSO FISCAL

O Brasil só tem uma saída: virar um enorme parque temático, uma imensa Disneylândia tropical onde os gringos possam passar as férias e viver emoções inesquecíveis assistindo a espetáculos inacreditáveis. Isso sem contar os assaltos, sequestros e empalamentos, que seriam cobrados por fora. E tudo tem que ser pago em dólar, é claro, depositado numa conta secreta num paraíso fiscal. Só assim, com o Turismo de Emoção, o Brasil vai sair do buraco.

Para a criançada teremos Brasília, The Magic Kingdom, onde os petizes vão visitar o Palácio do Planalto onde vivem A Bela e a Fera. Na verdade, a nossa Fera está mais para mordomo de filme de terror e, para falar a verdade, nem é tão feroz assim, pois morre de medo da operação Lava-Jato. Mas fazer o quê? Trata-se de um parque temático brasileiro, logo nem tudo (ou quase nada) funciona direito.

Mas os infantes vão poder tirar selfie com a Dilma Rousseff, a Madrasta do PAC, que vai passar pedalando a bicicleta, armazenando vento e saudando a mandioca, tudo ao mesmo tempo, e ainda perseguindo a Cinderela, que perdeu o “sapatão”, pois, afinal, o Brasil é um parque temático politicamente correto. A bruxa vai ser a Jandira Feghali, escolhida por aclamação.

A Ferrovia Norte-Sul, inacabada, vai dar um ótimo Trem Fantasma. Sem falar na Refinaria Abreu e Lima, no Comperj e nos Estaleiros Sete Brasil. Já o Congresso Nacional vai virar a Ilha dos Piratas. Os Piratas do telhado de vidro e cara de pau. No Planalto Central também vai ficar a casa do Lobão. Esse mesmo, e o Lobão vai querer comer Os Três Porquinhos: Lindembergue, Geddel e Rodrigo Mala. No Rio de Janeiro, os turistas vão até Bangu visitar a Caverna do Serginho Babá e os 40.000 ladrões.

FireShot Screen Capture #857 - 'terra encantad_' - www_google_com_br_search_q=parque+tematico&client=firefox-b-ab&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwj8vsaPv6HSAhUBE5AKHVRgA4cQ_AUICSgC&biw=1920&bih=971#tbm=isch&q=te

O problema vai ser a construção do tal parque temático. A Odebrecht, a OAS, a Queiróz Galvão e a Andrade Gutierrez vão fazer um consórcio para superfaturar a obra que, por sua vez, não vai ficar pronta nunca.

Agamenon Mendes Pedreira não é o Walt Disney, mas também está congelado.

19
ao todo.
banner_arte_02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *