O MENINO DO ACRE

Eu não aguento mais essa história do Menino do Acre. O Brasil inteiro esta há mais de uma semana atrás deste guri que, como todo adolescente acriano, deve estar escondido no meio das seringueiras tirando leite do pau. O pau a que me refiro é o vegetal, pois esta minha coluna é Family Friendly e politicamente correta. Isso tem que ficar bem claro, pois, como todos sabem, a Seringueira, o Nabo, a Cenoura e a Mandioca são plantas de duplo sentido.

Mas voltando ao Menino do Acre. Ora bolas! Quem está no Acre já está por definição desaparecido. Nenhum dos meus dezessete leitores e meio conhece o Acre, nem mesmo o anão (o meio leitor), que verticalmente prejudicado trabalha num circo e já correu o Brasil inteiro. Menos o Acre. Ninguém vai para o Acre. As pessoas só saem de lá e não voltam. Devem ter lá os motivos para tanto. Nunca teve nem jamais terá uma Casa de Caras no Acre, nem Rock in Acre.

O Caetano Veloso está pensando em fazer uma canção Menino do Acre como fez o Menino do Rio, mas até agora o baiano não encontrou nenhuma rima boa para Acre além de “lacre”. Mas, voltando ao Menino do Acre, mais uma vez. Uma das teorias é que o ingênuo rapaz tenha sido abduzido por extraterrestres no banheiro da rodoviária de Rio Branco, capital do estado acriano, onde, sodomizado, viu estrelas. Outra hipótese é que o Menino do Acre esteja na lista da Odebrecht e, como não tem direito a foro privilegiado, resolveu inventar essa história toda para então se lançar candidato a deputado federal pelo PSOL.

O Menino do Acre também sofre de TOC obsessivo feito o Roberto Carlos e escreveu um monte de livros usando um código secreto que aprendeu no Almanaque do Escoteiro Mirim. O mais estranho dessa história toda é que o Menino do Acre deixou o seu quarto cuidadosamente arrumado, coisa absolutamente impossível para um adolescente.

Me acompanhe no Facebook https://www.facebook.com/agamenonreal/

havaianas-invencao-tira-borracha-1

O Brasil comprou o Acre da Bolívia, pagou em chinelas Havaianas e ainda teve troco.

Agamenon Mendes Pedreira é jornalista desaparecido.

 

32
ao todo.
banner_arte_02

1 Comentário

  1. Fernando   •  

    Essa piada do Acre não existir você criou agora? Que clichê! Se fosse nos EUA certamente estaria lambendo as bolas do desaparecido! Não seja vira-latas! Estamos loucos pra saber o final da história! E mais, torço para que essa história vire filme!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *