ESQUECERAM DE MIM!

Segundo o IBGE, a população brasileira é de 211.292.773 criaturas. No listão VIP da Odebrecht, aparecem 247 nomes. Portanto, 211.292.531 não estão no listão. São uns m#$%ˆ&*erdas, uns incompetentes e, o que é pior, nunca vão ganhar tornozeleira eletrônica.

Eu, Agamenon Mendes Pedreira, não estou nessa lista. Que vergonha! Tantos anos dedicados ao jornalismo marrom e a Odecheque não me arrumou nem uma mísera mochila onde cabem 2 milhões de reais…

Quem não está na Lista da Odebrecht não existe, é um brega, um cafona. Por isso mesmo, a revista Caras está mudando de nome para revista Canas. Agora, semanalmente vamos ver, na Ilha de Canas e no Castelo de Canas, os corruptos exibindo suas tornozeleiras de grife.

Depois dos vídeos com os depoimentos, finalmente entendi como o Brasil funcionava: o Lula era funcionário da Odebrecht, que era a proprietária do Brasil. Depois ficam dizendo que o Lula não é um cara trabalhador. Ele trabalhou muito para a “empresteira” baiana. Ganhou até retrato de funcionário do mês, igualzinho ao do McDonald’s.

Enquanto operário e líder sindical, o Lula sempre quis socializar o Brasil e o Lula socializou o Brasil… com a Odebrecht. A Odecheque até ajudou o Lula a escrever a famosa Carta aos Brasileiros. A Odebrecht escreveu, mas o Lula até hoje não acabou de ler. Depois que acabou de escrever a carta, Emílio Odebrecht botou num envelope, selou e mandou o Lula levar nos Correios. O Lula aproveitou e roubou nos Correios também.

 

20170417_Agamenon

O genial cineasta e inigualável Luiz Carlos Barreto, o Barretão, já pediu verba da Lei Rouanet para filmar a continuação da vida do Lula: Lula, o Filho da Pu*&*%$#@ta do Brasil.

Agamenon Mendes Pedreira é jornalista desempregado da Odebrecht.

24
ao todo.
banner_arte_02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *