UMA BRASÍLIA QUE VEIO DO FRIO

Um enorme iceberg se desprendeu da Antártida, o continente da Ambev. Para vocês terem uma ideia da ca*&ˆ%$#@da, o iceberg é do tamanho de Brasília e, em vez de funcionários públicos, é habitado por pinguins.

Os pinguins são todos concursados. Têm direito a férias, recesso duas vezes por ano, quinquênio, biênio, licença-prêmio, plano de saúde, auxílio-moradia, auxílio-transporte, Bolsa Família e RioCard. Os pinguins “pegam” às nove no “serviço”, batem o ponto, penduram o paletó na cadeira e saem para comer um peixe. Só voltam às cinco da tarde, vestem o paletó e vão pra rua protestar contra os salários de fome. Os pinguins se aposentam com 5 anos de idade devido à periculosidade e insalubridade do seu local de trabalho. Faz muito frio no iceberg e a qualquer momento pode rachar um pedaço daquela enorme massa gelada. O Sindicato dos Pinguins é filiado à CUT.  

Segundo os satélites da NASA, o iceberg está se deslocando na direção do Brasil. Mais precisamente na direção do litoral do Rio de Janeiro. O prefeito Marcelo Crivengélico já mandou aumentar o IPTU do iceberg e o DETRAN vai multar e rebocar a ilha de gelo por estacionar em local proibido. Como tudo no Rio, o iceberg será rapidamente favelizado, vai virar uma “comunidade”. Várias facções criminosas já estão disputando para ver quem vai controlar a venda de “tóchico” no iceberg. O PCG, Primeiro Comando Glacial, que vem do sul, já ameaçou dominar o iceberg à força.

Cientistas do mundo inteiro investigam por que um iceberg tão grande resolveu abandonar o continente gelado para vir justamente para o Brasil. O que intriga a Ciência não é a questão do derretimento da calota polar. O que os pesquisadores não entendem é por que o iceberg resolveu se mudar para o Rio de Janeiro quando poderia ir para Portugal ou Miami, como todo mundo faz.

 Captura de Tela 2017-07-18 às 17.51.35

Agamenon Mendes Pedreira é o Abominável Jornalista das Neves.

359
ao todo.
banner_arte_02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *