TEM VENEZUELANO PRA CARACA!

Caracas! O povo venezuelano está sofrendo Pacaraima! Atualmente a inflação é a única coisa que funciona de verdade na Venezuela. Já passou de um milhão por cento! O cidadão venuziano quando sai para fazer compras tem que levar o dinheiro num carrinho de mão e não consegue trazer nem um pão pra casa: o pão também tá em falta.

Para dar um jeito na situação periclitante, o presidente Nicolás Maisduro tirou 5 zeros da moeda e criou a Merreca Bolivariana. Maduro só não tirou o zero à esquerda – no caso, ele mesmo!

Enquanto isso, a fronteira Brasil-Venezuela tem fila de cidadãos venezuecanos para entrar no Brasil. Vejam bem: tem neguinho fazendo fila para entrar no Brasil!!! E o que é pior: eles vêm para cá achando que vão ter uma vida melhor!!! Não sabem de nada, os inocentes!

Tá ruim pra todo mundo. Do lado brasileiro da fronteira, ninguém se entende. Até aí nada de mais, mesmo porque ninguém fala a mesma língua no Brasil. E só vai entrando venezuelino no Brasil. Por tudo que é buraco. O cidadão não pode chegar mais cedo do serviço que já encontra um refugiado tentando se esconder dentro da mulher.

O governo do estado de Roraima culpa Brasília, a prefeitura de Paracaima culpa a governadora em Boa Vista, conclusão: a c*!#*!%agada é federal.

Pra começo de conversa, as autoridades, a imprensa e a opinião pública têm que chegar a uma conclusão sobre a pronúncia correta do diminuto estado amazônico. Afinal, é Roráima ou Rorãima? Se for Rorãima, teremos o primeiro estado fanho da Federação.

 

Agamenon Mendes Pedreira é o único refugiado brasileiro na Venezuela: tá ruim pra todo mundo.

banner_arte_02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *