CARACAS!

Quando o ano se inicia, começam as liquidações. Na Venezuela já está rolando a maior queima total! Como todos os meus 17 seguidores e meio (nunca esqueço do meu leitor “verticalmente prejudicado”, que vai voltar na próxima temporada de Game of Thrones) estão cansados de saber, a Venezuela é um dos melhores países do mundo pra se morrer atualmente. Nem mesmo no Rio de Janeiro está tão fácil do cidadão ir até esquina comprar cigarros e, no caminho, levar um tiro nos cornos. A situação venezuelina é tão dramática que os venezuelenses estão fugindo pra Roraima, terra do Romero Jucá!

O 01 da Venezuela, Nicolás Paupuro, assim como o Flávio Bolsonaro, deveria renunciar ao cargo para evitar mais derramamento de sangue. Mesmo porque está faltando Intimus Gel (com abas) e OB na Venezuela. Aliás, o país caribenho está tão na merˆ%$#@&*da, mas tão na mer #$%ˆ$@da que, nos últimos 10 anos, a população perdeu em média 11 quilos e se transformou no maior Spa do mundo! Só quem já passou uma temporada num Spa de segurança máxima sabe o que é passar fome sem ter nada nem ninguém pra comer. Isso é que é regime ditatorial!

Falta tudo na Venezuela: a começar pelo papel higiênico, que já acabou há muito tempo. Por isso mesmo, o governo está ca#@$%ˆ&*gando e andando para a população que nem pode sair às ruas para protestar. Não tem roupa pra todo mundo! Metade do povo vai pra rua fazer passeata enquanto a outra metade fica esperando em casa totalmente nu e pelado!

Numa tentativa desesperada de salvar o governo moribundo do ditador Nicolás Pauduro, a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, pegou todos os militantes que faziam plantão na porta da cadeia do Lula e foram para Caracas. Lotaram três Ford Ka.

O grande desafio político neste momento de crise é chegar até o fim deste artigo sem fazer nenhum duplo sentido com “caiu de Maduro” em referência ao enterro da ditadura maduristo-chavista. Aliás, Chávez bom mesmo era aquele do México.

Marxista de esquerda convicto, Nicolás Maduro já mostrou que é resiliente, muito embora nem ele nem o Lula tenha a menor ideia do que quer dizer resiliente. O ditador vai resistir e enfrentar o povo injuriado. Para isso, conta com as milícias, que já saíram do quartel-general, o prédio da ALERJ, no Rio de Janeiro. Os milicianos acham que vão meter medo na população, já que são todos funcionários-fantasma.

 

Agamenon Mendes Pedreira é o Olavo de Carvalho da esquerda.

 

banner_arte_02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *