banner_arte_02

 A FAVELA DA MARÉ NÃO TÁ PRA PEIXE 

O Brasil não é ovo, mas ficou mais uma vez chocado com a violência no Tiro de Janeiro, a Cidade Calamitosa. A execução covarde da vereadora Marielle mostrou que não existe segurança na cidade, só na porta das boates. Sorte tem o Serginho Cobral e o Jorge Picciani, que estão seguros atrás das grades e não têm que conviver diariamente com balas e oportunidades perdidas.

O interventor federal General Brega Netto e a Polícia Onde Já Civil precisam descobrir logo quem foi o irresponsável pela matança ou vão acabar mais desmoralizados que o “governador” Pezão Frio, que está rondando Piraí e não diz nem faz nada. Além do assassinato covarde, o que mais me revolta é a galera das redes antissociais dizendo que “vereador bom é vereador morto”, “quem mandou defender os direitos dos manos” e outras boçalidades dignas do candidato Jair Bolsonazi. A verdade é que estamos entregue às baratas e o pior: as baratas que não pertencem ao PCC (Primeira Cascuda da Capital) estão nas mãos dos milicianos e traficantes de drogas e influência. Não necessariamente nessa ordem, quer dizer, desordem.

O problema é que o Estado não tem grana para bancar a intervenção federal. Tentaram fazer uma vaquinha, mas ladrões roubaram o bovino para atolar no brejo. Os carros da Polícia estão todos desmontados. Ainda bem. Se estivessem funcionando, não teria verba para gasolina. Para fazer as suas diligências, os meganhas têm que chamar um táxi de uber pool (que é mais barato) ou pegar uma van (que é da Milícia) para chegar nas “comunidades”.

Devido de que a falta de munição, os policiais têm que amarrar um barbante em cada bala para poder reutilizar o projétil depois de disparado. Isso sem falar nos salários atrasados de todo o funcionalismo público. Sem receber, os funcionários não têm como ser assaltados, e os bandidos não têm nem o que roubar, prejudicando a atividade econômica na cidade.

Mas nem tudo é calamidade pública, tem confusão no Judiciário também. A ministra Carmen Lúcifer está pensando em transferir os julgamentos do STF para sábado de madrugada, na mesma hora do MMA. Assim, os brasileiros podem assistir aos combates singulares entre o ministro Gilmar Mentes, o Psicopata Monstruoso e o Luís Roberto Horroroso, o Sobrancelha Paraguaia.

 

Por falta de grana, a intervenção militar teve que pedir dinheiro ao PCC (Partido Capitalizado da Capital) para combater o crime organizado e a sociedade desorganizada.

Agamenon Mendes Pedreira é contra a bala perdida, vindo da esquerda ou da direita.

banner_arte_02

LULA LAU!

Parece que agora a coisa vai. Finalmente, o Lula vai ver o PSOL nascer quadrado. Depois de mais uma derrota nos tribunais federais, Luiz Inácio Acumula da Silva vai entrar em cana. Na verdade, entrar em cana nunca foi um problema para o ex-presidente da República. Ele até gosta. A diferença agora é que essa cana não é escocesa, é cana nacional mesmo, uma coisa que sempre acaba dando uma tremenda dor de cabeça no dia seguinte e no outro também. Lula diz que não pode ir preso, pois não tem provas. Tem razão: Lula não concluiu o ensino fundamental.

A Polícia Federal está montando uma megaoperação para capturar Lula, o Homem Mais Honesto do Brasil. Uma vez preso, Lula vai ter que dividir a cela com Paulo Salim Maluf, o segundo Homem Mais Honesto do Brasil e Geddel Vieira Lima, o medalha de bronze de Homem Mais Honesto do Brasil.

Inconformado com a sua situação de apenado, Lula avisou que vai virar preso político. Para tanto, pretende fundar o PT – Partida da Penitenciária. Luiz  Inácio Cana Dura da Silva também pretende se associar a Serginho Cabral e Eduardo Cunha para organizar mais uma facção, o PCC – Primeiro Comando da Condicional.

Trancado na cadeia, Lula vai ter que inventar muitas coisas para passar o tempo: pode virar evangélico, pode virar travesti, pode fazer tatuagem, pode fazer flores de plástico, pode ler um livro… Pensando bem, ler um livro, para Lula, é uma condenação.

As visitas íntimas também vão rolar já que o ex-presidente é viúvo. Por isso, para comer, só mesmo a tradicional quentinha (em São Paulo, é marmitex), mas dentro é sempre o mesmo rango: arroz, feijão, salada, macarrão e uma proteína que pode ser carne, frango ou peixe. Lula nem pensar.

Na penitenciária, Lula vai ficar numa cela comum: uma cama, uma pia, um chuveiro e um buraco para fazer as suas “necessidades”: o Friboi.

Pra Lula, já bastam os 12 anos e um mês de cadeia. Morando na "tranca" sem poder beber, fumar nem roubar, Lula vai acabar tendo uma crise de abstinência.

Pra Lula, já bastam os 12 anos e um mês de cadeia. Morando na “tranca” sem poder beber, fumar nem roubar, Lula vai acabar tendo uma crise de abstinência.

Agamenon Mendes Pedreira é presidiário desempregado.

 

 

banner_arte_02

TREPAS NA RUA

A situação no Rio de Janeiro vai de Mal a Pior, mas, no meio do caminho, deu uma parada na Catástrofe para encher o tanque, tomar um café e fazer xixi. Por isso mesmo, o governador Luiz Furtando Pezão Frio passou o Carnaval Piraí. Já o prefeito Evangello Crivella não estava nem aí: com medo da violência, se mandou pra Suécia. Também, quem é maluco de ficar no Rio de Janeiro numa hora dessas? Até o malucos do Pinel preferem ficar trancados no manicômio à base de tranquilizantes. O único consolo do carioca é saber que a situação hoje está melhor do que amanhã.

Os arrastões de rua, os blocos de assaltantes mascarados e os milicianos da LIESA (Liga das Escolas de Saque) tomaram conta da cidade no Carnaval trazendo de volta o caos, a desordem e o medo generalizado, coisa que existe por aqui há mais ou menos uns 500 anos. Num gesto de esperteza política, o presidente Michê Temer se aproveitou do vácuo no poder para decretar a intervenção militar no Rio de Janeiro a cargo do general Walter Prega Netto. Mas não adiantou nada: os bandidos assaltaram também o general, que voltou correndo pra Brasília.

Imediatamente, os militares anunciaram as medidas intervencionistas para acabar com a falta de segurança na cidade: o Cristo Redentor vai ter que bater continência e cantar o hino nacional todo dia assim que amanhecer, os militares vão pintar de branco até a metade todos os troncos das árvores da cidade, a Marinha, com seus navios, vai subir os morros para perseguir os marginais, e a Esquadrilha da Fumaça vai assumir pessoalmente a venda de maconha na Cidade Calamitosa.

Os otimistas, sempre ingênuos, acham que essas medidas não vão adiantar nada. Já os pessimistas se mudaram para Lisboa há muito tempo. Mas também não adiantou nada, a bandidagem, assustada com a criminalidade, também se mandou pra Portugal, onde já está tocando o terror. E eu que pensava que, com a prisão do Sérgio Cabral Filho (não me pergunte de quem) e do Picciani, o problema da criminalidade no Rio de Janeiro iria melhorar. Mas não deu certo: os dois já fundaram mais uma facção na cadeia, o PCC – Primeiro Comando do Caviar.

Mas o crime organizado é a única coisa organizada na cidade que funciona. Agora, os milicianos, os traficantes, as facções e a bunda podre da polícia se uniram numa estratégia para extorquir, assaltar, sequestrar e barbarizar ainda mais o pobre cidadão carioca. Ainda bem que sou um desempregado crônico e, caso bata de frente com um assaltante na rua, talvez o criminoso, compadecido com a minha penúria, me dê até um troco pra inteirar a passagem. Desta pra melhor.

Uma blitz da PM carioca quase apreendeu os blindados do Exército que estavam com o IPVA atrasado. Com medo dos tanques serem depenados no depósito de DETRAN, o comandante da tropa pagou uma “cervejinha” pros canas.

Uma blitz da PM carioca quase apreendeu os blindados do Exército que estavam com o IPVA atrasado. Com medo dos tanques serem depenados no depósito de DETRAN, o comandante da tropa pagou uma “cervejinha” pros canas.

Agamenon Mendes Pedreira quer ir pra cadeia pra não ser assaltado.

 

 

banner_arte_02

 TIRO DE JANEIRO, CIDADE CALAMITOSA!

 

Evoé Momo! Skindô! Skindô! Pum! Pum! Bra-ti-cum-dum, Rá-tá-tá-tá-ta… É hoje que vão me acabar!

Já começou o carnaval no Calafrio de Janeiro!!! Ninguém é de ninguém! E tudo pra acabar na quarta-feira!!! Quer dizer, se a munição não terminar antes…

Nunca uma quarta-feira de cinzas será tão apropriada!

Mas é carnaval, e o carnaval é uma festa do povo. Do povo de Deus. Mais Carnaval Gospel comandado pelo prefeito Evangelho Crivella este ano com o enredo Sodoma e Gomorra no Reino do Salamão.

Mas não é só a Fé que comanda a fuzarca, tem a bandidagem também. Este ano o carnaval carioca vai ser em regime semiaberto. O folião sai de manhã cedo para a bagunça, mas tem que estar de volta às 22h em ponto trancado dentro de casa. Senão é vala.

As tradicionais Escolas de Samba não vão mais desfilar na Marquês de Sapucaí, agora estão dominadas pelas facções e milícias. A LIESA acabou, agora quem manda é o PCC, o Primeiro Comando do Carnaval. As escolas de samba só poderão desfilar na Linha Amarela (de medo) e na Linha Vermelha (de sangue). A Beija-Flor de Necrópolis vai se concentrar na porta do IML. A Extorsão Primeira de Mangueira vai sair da Cadeia de Benfica (o Gilmar Mendes ainda não confirmou se o Serginho Cabral desfila este ano). A Acadêmicos do Salseiro ensaia no Borel, enquanto a Mocidade Dependente de Padre Miguel caiu para o Grupo de Risco. Nenhuma cervejaria vai organizar camarote este ano, mas, em compensação, as Facções se uniram com as Milícias para fazer o Camarote 171, onde os convidados vão ter que usar pulseirinha eletrônica.

Para quem curte o carnaval de rua, tem os desfiles do Cordão da Bala Preta, o Bonde de Ipanema, o tradicional Trambique de Ramos, o Violento Pimenta (só toca Beatles) e o mais concorrido de todos: o Delegacia é Quase Amor!

Uma coisa é certa: com tanta folia, semana que vem vai estar todo mundo morto.

Os puristas garantem que o samba morreu de bala perdida, mas os médicos disseram que ainda respira por aparelhos.

Os puristas garantem que o samba morreu de bala perdida, mas os médicos disseram que ainda respira por aparelhos.

 

banner_arte_02

A MINISTRA DÁ TRABALHO…

Faz uma semana que o Lula foi condenando e o Brasil está devastado por uma convulsão social incontrolável. Multidões de miseráveis indignados tomaram conta das ruas tacando fogo e quebrando tudo o que veem pela frente, desesperados atrás da vacina da febre amarela.

O povo não saiu de casa por causa do Lula: só saiu de casa atrás de vacina contra a febre amarela. Ainda mais de grátis! Brasileiro se amarra em doença, ainda mais em epidemia. Não é à toa que o Brasil tem tanta farmácia. Aliás, neste país só tem três tipos de estabelecimentos comerciais: botequim, igreja evangélica e farmácia. Não necessariamente nessa ordem. Pelo menos um desses o brasileiro frequenta.

Mas epidemia é sempre bom, pois em caso de epidemia sempre tem vacina. E vacina é a única coisa que o cidadão recebe de graça hoje em dia. Além da inoculação gratuita nos postos de saúde, sempre tem uma fila e o brasileiro também se amarra numa fila. E o pessoal gosta de chegar na fila bem cedo, ainda de madrugada, que é para poder dar entrevista no Bom Dia Brasil.

Não tem para Renan Canalheiros, Michê Temer, Gilmar Mentes nem Anitta ou Pablo Vittar. Quem manda mesmo no Brasil é o Mosquito Aedes aegypti. Entra ano, sai ano, a cada verão, o Mosquito inventa uma nova doença. É dengue, é  zica, é chicungunha… O Mosquito deve ter algum acordo comercial com a fábrica de vacina.

Mas nem tudo é desgraça no Brasil. O verão come solto e a deputada Cristiranha Brasil, a ministra Porcina (aquela que foi sem nunca ter sido) curte de montão as suas férias no arquipélago de Faltando de Vergonha. Pois é, a quase ex-futura ministra nem assumiu o Ministério do Trabalho, mas já saiu de férias. E, pra mostrar que está podendo (com PH), Cristiane postou um vídeo na internet cercada de machos fortões, depilados e gulosos. Todos com cara de que vão fazer uma animada gang-bang nos cofres púbicos, quer dizer, públicos.

Foto do vídeo da Cristiane Brasil e a sua “macharada”.

Filha de Rouberto Jefferson, peixinho é. Quer dizer, peixinho não, peixada.

Agamenon Mendes Pedreira é idoso de programa.

banner_arte_02

LULA LÁ: NA CADEIA! 

O Brasil viveu hoje um momento histórico e histérico. Histérico para os manifestantes do PT (Partido da Tranca), que lotaram uma Kombi e foram até Porto Alegre protestar contra a injustiça que é condenar o único presidente sem dedo que este país jamais teve na sua História. Aliás, o dedo que Lula perdeu quando era torneiro mecânico no ABC (as únicas letras que aprendeu na vida) teve um papel-chave na acusação contra Luísque Inácio Lula da Silva. O mindinho decepado, em “dedação” premiada ao juiz Sério Moro, revelou que Lula o obrigava a tirar meleca, cera do ouvido, mas que nunca participou de atos de corrupção praticados pelo ex-presidente porque, quando Lulalau meteu a mão, ele, o dedo, não fazia mais parte da anatomia lulista.

Lula, apesar de tirar onda de pobre, vai entrar com recurso e acabar cumprindo prisão domiciliar. Aliás, tem domicílios de sobra pra cumprir sua pena: o tríplex do Guarujá, o sítio de Atibaia e sua cobertura em Santo André. Na minha opinião, Luísque Inácio Mula da Silva deveria receber uma penalidade extra pelo seu mau gosto imobiliário. Se eu, Agamenon Mendes Pedreira, tivesse roubado tanto, gastaria a grana do contribuinte em apartamentos na Vieira Souto, mansões em Angra, penthouses em Nova York ou palazzos em Veneza.

 

 

O Lula perdeu de 3 a Zero e não vai poder pedir música no Fantástico. 

O Lula perdeu de 3 a Zero e não vai poder pedir música no Fantástico.

Agamenon Mendes Pedreira, por ser analfabeto, também não tem provas.

 

banner_arte_02

BIG BUNDA BRASIL

O Brasil está no buraco. Por isso mesmo, a única que coisa se fala, hoje em dia, é da bunda da Anitta. Até aí, tudo bem. Nosso país está na merda, o governo é uma bosta e a única certeza é que todos nós, cidadãos brasileiros, vamos continuar a tomar no símbolo químico do cobre (Cu). No fundo (com trocadilho, por favor), tudo no Brasil se relaciona com a parte traseira da anatomia humana e seus subprodutos. Não é por acaso.

Portanto, o importante agora é discutir (e discutir com CU maiúsculo), a região calipígia da cantora Anitta, uma das maiores  (e bota maiores nisso) expoentes da MPB (Música Popozuda Brasileira). Quem começou a polêmica foi o meu amigo, o nanojornalista Nelson Moitta, que comparou Anitta ao João Gilberto.

Se João Gilberto apresentou ao mundo a Bossa Nova, Anitta mostra a Bussa Nova, expressão gineco-musical do empanderamento da mulher brasileira.  Por outro lado (com mais trocadilho ainda), o crítico e intelectual Arthur Xoxota, quer dizer, Arthur Xexéo, declarou que a bunda da Anitta é vulgar, chula e antiestética. Como todos viram, Anitta exibiu no seu novo clipe, pela primeira vez na história do show business, uma celulite sem photoshop, o que, vamos combinar, é uma atitude verdadeiramente libertária. Libertária da celulite.

Quem também entrou no meio (com ainda muito mais trocadilho, não me perguntem no meio de quem!) foi o popstar Lulu Santos, que disse que o clipe da Anitta refletia a atual fase anal da MPB (Música Popular Bunduda), como se isso nunca tivesse sido cantado antes em prosa, verso e anverso. Se ainda tivesse alguma memória nos meus velhos e cansados neurônios, cantaria para o grande Lulu uma série infindável de canções reto-furiculares que embalaram e rebolaram gerações de inocentes e puros tarados no nosso país.

Imoral da história: parem de mexer com a bunda da Anitta, mesmo porque, ela, graças aos seus superpoderes anal-lógicos, é capaz de se mexer muito bem sozinha!

Perguntado sobre a bunda da Anitta, o presidente Michê Temer declarou: “Tem que manter isso aí, viu?”.

Perguntado sobre a bunda da Anitta, o presidente Michê Temer declarou: “Tem que manter isso aí, viu?”.

 

 

Agamenon Mendes Pedreira é um bundão.

banner_arte_02

O PAÍS DO NÃO PHODE

 

O Brasil é o país do não pode. Quer dizer, algumas coisas podem. Roubar, por exemplo, pode. Mas não pode roubar pouco. Tem que roubar muito, de montão, de encher mala, senão vai para a cadeia que é para vagabundo deixar de ser otário.

O Brasil é um país extravagante: a ministra do Trabalho tem escravo, ministro do Supremo é empresário, e só o Lula pode fazer campanha a presidente da República. E o pior é que, para morar no Brasil, o cidadão ainda tem que pagar imposto! Na verdade, todo brasileiro residente tinha que receber pelo menos vinte mil reais por mês de mesada com direito a adicional de insalubridade.

O problema é que o país está na penúria, passando necessidade. O Brasil está no maior miserê. O governo está economizando até na febre amarela e já avisou que só vai aplicar meia dose da vacina na população. Agora só falta combinar com o mosquito de só dar meia picada.

Para reduzir os custos, o Ministério da Saúde também mudou o nome da “febre amarela” para a “febre bege”. A falência do Brasil é tamanha que nem epidemia pode ter direito. Daqui a pouco, vamos ter que pedir ajuda humanitária da Nigéria, do Gabão e do Burquina Fasso.

A solução para o Brasil é investir tudo em bitcoins, a moeda digital. Para quem já é pobre em reais, ficar negativado em bitcoins não deixa de ser um avanço. Dizem que a moeda digital é criptografada e, por isso mesmo, infraudável. Eles não conhecem o Geddel Vieira Lima.

Mas desgraça pouca é bobagem. Tem também essa história de empauderamento feminino. Não pode mais assediar mulher do sexo feminino. Nem para fins de procriação. Ficar manjando mulher avulsa agora é considerado atitude machista, fascista e reacionária. E se uma lésbica portadora de sexo feminino assediar uma fêmea da mesma espécie? Pode? Quer dizer, phode? É machismo? É sapatismo? É geelebetismo? Estou perdido na minha sexualidade e não sei mais como satisfazer os meus instintos carnais animalescos de macho impotente.

igo-estrela-estadao

A imprensa anda xeretando o patrimônio da família Bolsonaro. Parece que eles se preocupam mais com o “bolso” do que com o “naro”.

 

Agamenon Mendes Pedreira é macho desempauderado.

 

 

banner_arte_02

HABEAS RABUS: A MISSÃO!

Ao contrário da Constituição, o ministro Gilmar Mentes não se emenda. Não é que o Gilmar soltou mais uma vez o Jacob Barata da cadeia? Barata, o Rei dos Ônibus Sobre Rodas, generoso, já ofereceu instalar uma roleta na penitenciária de Benfica para facilitar a circulação dos apenados que vivem na aba do ministro Soltar Mendes.

Ainda não se sabe o porquê dessa obsessão do Juiz Tabajara em soltar Barata. Geralmente, quem libera Barata é a sua esposa, que dá expediente no escritório responsável pela defesa do Al Capone dos coletivos do Rio.

Línguas maldosas insinuam que Jacob & Gilmar, ânus atrás, formaram uma dupla sertaneja em Mato Grosso do Sul, estado natal do ministro. Os dois criaram o Sertanejo Judiciário (uma vertente piorada do Sertanejo Universitário) e costumavam se apresentar em feiras agropecuárias, inclusive ganhando vários prêmios de robustez, rusticidade e precocidade.

Talvez por essa relação pecúnio-pecuária, Gilmar e Jacob tenham o rabo preso. Um com o outro. Gilmar inclusive foi padrinho de casamento da filha do Jacob, e o seu cunhado é sócio do Barata numa firma de dedetização.

Segundo o meu personal psicoproctologista, o Dr. Jacintho Leite Aquino Rego, o ministro padece de meretíssima desinteria de fundo nervoso. Mais para o fundo que nervoso. Apavorado com o seu o quadro jurídico-patológico, o magistrado Gilmar não consegue controlar a processualística do seu esfíncter nem da Operação Lava-Jato, e acaba todo togado. Um vexame.

CANTE COM AGAMENON

(melodia de A Barata – grupo Só Pra Contrariar (a Opinião Pública)

Toda vez que eu chego em casa
o Barata dos transportes não tá mais em cana.
Toda vez que eu chego em casa
o Barata dos transportes não tá mais em cana.

Diz aí, Gilmar, o que você vai fazer?
– Vou mandar uma habeas corpus para ele escafeder!
Diz aí, Gilmar, o que você vai fazer?
– Vou mandar uma habeas corpus para ele escafeder!

O Gilmar escafedeu a Barata dele!
O Gilmar escafedeu a Barata dele!

Com a decisão de Gilmar Mentes, as baratas resolveram processar as firmas de dedetização.

Com a decisão de Gilmar Mentes, as baratas resolveram processar as firmas de dedetização.

Agamenon Mendes Pedreira é jornalista togado

banner_arte_02

DIGA AO POVO QUE BENFICO!

A que estado chegamos! O Estado do Rio, é claro! O presídio de Benfica agora tem entre seus hóspedes o ex-governador Sérgio Cobrou Filho, Jorge Puccilânime (presidente da ALERJ – Assembleia dos Ladrões do Rio de Janeiro), Carlos Rouberto Nuzman, a “adevogada” Ladriana Ancelmo e até a ex-governadora Rosquinha Garotinho. Seu marido Bandidanthony Garotinho, depois de muito chorar, espernear e fazer birra, foi transferido para a FEBEM.

Nesse presídio muito também estão na tranca $ecretário$, a$$e$$ores e autoridade$ que transformaram o Rio de Janeiro em Rios de Dinheiro, desviando-os diretamente para seus bolsos, que rapidamente eram esvaziados para extravagâncias dinheirísticas dignas de marajás e membros da família real saudita como o Sheik Especial, que torrava sua grana sem limites.

Indignados com a presença desses bandidos de colarinho sujo, os marginais, homicidas, meliantes, batedores de carteira e ladrões de galinha que também estão presos em Benfica resolveram entregar um abaixo-assinado ao diretor daquela unidade penitencial porque não toleram conviver com gente desse nível lado a lado. Além do mais, os pobres apenados começam a Temer pela própria vida e consideram a ida dessa quadrilha para Benfica a maior carceragem!

Num flagrante claro de desaforo privilegiado, os guardas do presídio descobriram uma enorme Smart TV na cela de Sérgio Cobrou Filho, na qual o ex-governador passava o dia assistindo a fitas pornôs, que, na verdade, eram vídeos de segurança do seu gabinete, onde rolavam as sacanagens mais escabrosas. E, como se não fosse bastante, os políticos, em vez de comerem o pão que o diabo amassou (servido diariamente na cadeia), se regalam com iguarias caríssimas como caviar, foie gras e presunto de Parma, presunto que foi desovado ali por um miliciano amigo da galera.

 

Sem ter mais o que roubar, os quadrilheiros de Benfica passam o dia inteiro jogando xadrez, que é de onde se espera que eles não saiam tão cedo.

Sem ter mais o que roubar, os quadrilheiros de Benfica passam o dia inteiro jogando xadrez, que é de onde se espera que eles não saiam tão cedo.

 

Agamenon Mendes Pedreira quer ser preso logo e ir para Benfica usufruir as mordomias do ex-governador Sérgio Cobrou.

 

banner_arte_02