banner_arte_02

#AgoraÉQueSãoNelas!

Sempre estive ao lado das mulheres! Ao lado, em cima e em baixo! Ao contrário dos brasileiros machistas e misóginos, eu sempre dei às mulheres o que elas gostam, e o que elas gostam não é mole! Se hoje as fêmeas conquistaram um novo papel na sociedade, houve uma época em que as mulheres apanhavam dos maridos e ganhavam menos que os homens. Exatamente como é hoje em dia no Brasil. Por isso mesmo, cedo minha coluna de hoje à Isaura, a minha patroa, minha cara (e bota cara nisso!) metade, a mulher que esteve ao meu lado nos piores momentos da minha vida. Nos melhores momentos, eu estava com uma companhia melhor.

“Agamenon é um homem que entrou cedo em minha vida. Depois vieram outros. Hoje, meu velho Aga continua entrando, só que uma vez por ano e olhe lá. Apesar de machista e retrógrado, Agamenon sempre incentivou minha condição de mulher-fêmea, submissa e independente. Obrigou-me a ter uma profissão que o sustentasse e, assim, comecei a costurar pra fora. Quando as coisas não iam bem, tinha que costurar pra dentro também. Infelizmente, não tivemos filhos porque o Agamenon é impotente e eu sou vasectomizada. Sou grata a este homem generoso, que me tirou da sarjeta e me colocou na vida. Graças a ele, vivo confortavelmente num Dodge Dart 73, enferrujado, que fica estacionado na Rua da Amargura, fundos. Canalha e mau-caráter, Agamenon não vai me pagar nem um centavo para escrever a sua coluna de hoje porque, segundo o IBGE, as mulheres ganham menos que os homens. Eu, sinceramente, preferia ter casado com o Eduardo Cunha.”

12-11 agamenon

Para comemorar as conquistas feministas das mulheres, fiz questão de pegar a Isaura, a minha patroa, e levá-la no meu Dodge Dart 73, enferrujado, até um motel. Onde um cliente a aguardava.

Agamenon Mendes Pedreira tem um lado feminino: o de trás.

169
ao todo.
banner_arte_02

MARIDO-CRÍTICA – MEU MARIDO, MEU TESOURO

Aproveito este espaço para entrar na aba de Nicéia Pitta e fazer graves denúncias contra o meu esposo, o jornalista Agamenon Mendes Pedreira. Assim como a ex-mulher de Pitta, descobri recentemente que Agamenon me passa pra trás com uma loura misteriosa de 20 e poucos (anos e centímetros). Como todos sabem, não existe vingança maior do que a vingança da mulher corneada e foi por isso que eu chamei o repórter investigativo Chico Pinheiro para dar um furo para ele. Acabei dando dois.

Agamenon é um jornalista corrupto, canalha, escroque e mau caráter. Até aí, tudo bem. O problema é que eu tenho em meu poder documentos falsos que comprovam a desonestidade contumaz deste  homem sem princípios, meio e fim. O que eu não posso admitir é que o meu amado Agamenon esteja brochando com outra mulher, quebrando os sagrados votos matrimoniais e os dogmas da Igreja Católica que são claros: o homem só pode brochar com a própria mulher e sempre com fins de reprodução.

422_1724-Blog-Agamenon-Carnaval-2012-02-22-BLOG03

Agamenon, com um pé na cova. Finalmente poderei dizer: enfim duro.

26
ao todo.
banner_arte_02

Isaura Responde: Só pinto com o Agamenon

Isaura, eu andava muito nervosa e a doutora falou que eu estava muito à toa, precisando de serviço. Falou que eu tinha que por para fora meu lado artista, recomendou que eu pintasse. Ela me disse que foi sua médica também e que tinha recomendado o mesmo para você. É verdade? Você pinta como eu pinto? Funcionou? Você se acalmou? (Joyce)

Isaura: Joyce, apesar de não responder cartas com trocadilhos mais velhos que o Agamenon, vou responder à sua questão porque partilhamos da mesma médica, a Dr. Eva Diaz. A pintura é uma excelente terapia relaxante. Qual é a mulher que aprecia uma boa pintada? Vai fundo, minha filha, mas cuidado na hora de escolher o pincel: trincha é muito melhor do que brocha.

422_2710-27-03-2013-Imagem-Blog

Sentar em um pinto é para iniciantes, quando o Agamenon não está em casa eu aproveito e sento no avestruz.

93
ao todo.
banner_arte_02

ISAURA RESPONDE:
Pinta com meu pinto?

102_1924-alt-blog-pricasso

Isaura, eu andava muito nervosa e a doutora falou que eu estava muito à toa, precisando de serviço. Falou que eu tinha que por para fora meu lado artista, recomendou que eu pintasse. Ela me disse que foi sua médica também e que tinha recomendado o mesmo para você. É verdade? Você pinta como eu pinto? Funcionou? Você se acalmou?

JoyceRecife, PE

Joyce, apesar de não responder cartas com trocadilhos mais velhos que o Agamenon , vou responder à sua questão por que partilhamos da mesma médica, a Dr. Eva Diaz. A pintura é uma excelente terapeia relaxante. Qual é a mulher que aprecia uma boa pintada? Vai fundo, minha filha, mas cuidado na hora de escolher o pincel: trincha é muito melhor do que brocha.

6
ao todo.
banner_arte_02