banner_arte_02

BIG BUNDA BRASIL

O Brasil está no buraco. Por isso mesmo, a única que coisa se fala, hoje em dia, é da bunda da Anitta. Até aí, tudo bem. Nosso país está na merda, o governo é uma bosta e a única certeza é que todos nós, cidadãos brasileiros, vamos continuar a tomar no símbolo químico do cobre (Cu). No fundo (com trocadilho, por favor), tudo no Brasil se relaciona com a parte traseira da anatomia humana e seus subprodutos. Não é por acaso.

Portanto, o importante agora é discutir (e discutir com CU maiúsculo), a região calipígia da cantora Anitta, uma das maiores  (e bota maiores nisso) expoentes da MPB (Música Popozuda Brasileira). Quem começou a polêmica foi o meu amigo, o nanojornalista Nelson Moitta, que comparou Anitta ao João Gilberto.

Se João Gilberto apresentou ao mundo a Bossa Nova, Anitta mostra a Bussa Nova, expressão gineco-musical do empanderamento da mulher brasileira.  Por outro lado (com mais trocadilho ainda), o crítico e intelectual Arthur Xoxota, quer dizer, Arthur Xexéo, declarou que a bunda da Anitta é vulgar, chula e antiestética. Como todos viram, Anitta exibiu no seu novo clipe, pela primeira vez na história do show business, uma celulite sem photoshop, o que, vamos combinar, é uma atitude verdadeiramente libertária. Libertária da celulite.

Quem também entrou no meio (com ainda muito mais trocadilho, não me perguntem no meio de quem!) foi o popstar Lulu Santos, que disse que o clipe da Anitta refletia a atual fase anal da MPB (Música Popular Bunduda), como se isso nunca tivesse sido cantado antes em prosa, verso e anverso. Se ainda tivesse alguma memória nos meus velhos e cansados neurônios, cantaria para o grande Lulu uma série infindável de canções reto-furiculares que embalaram e rebolaram gerações de inocentes e puros tarados no nosso país.

Imoral da história: parem de mexer com a bunda da Anitta, mesmo porque, ela, graças aos seus superpoderes anal-lógicos, é capaz de se mexer muito bem sozinha!

Perguntado sobre a bunda da Anitta, o presidente Michê Temer declarou: “Tem que manter isso aí, viu?”.

Perguntado sobre a bunda da Anitta, o presidente Michê Temer declarou: “Tem que manter isso aí, viu?”.

 

 

Agamenon Mendes Pedreira é um bundão.

banner_arte_02

O PAÍS DO NÃO PHODE

 

O Brasil é o país do não pode. Quer dizer, algumas coisas podem. Roubar, por exemplo, pode. Mas não pode roubar pouco. Tem que roubar muito, de montão, de encher mala, senão vai para a cadeia que é para vagabundo deixar de ser otário.

O Brasil é um país extravagante: a ministra do Trabalho tem escravo, ministro do Supremo é empresário, e só o Lula pode fazer campanha a presidente da República. E o pior é que, para morar no Brasil, o cidadão ainda tem que pagar imposto! Na verdade, todo brasileiro residente tinha que receber pelo menos vinte mil reais por mês de mesada com direito a adicional de insalubridade.

O problema é que o país está na penúria, passando necessidade. O Brasil está no maior miserê. O governo está economizando até na febre amarela e já avisou que só vai aplicar meia dose da vacina na população. Agora só falta combinar com o mosquito de só dar meia picada.

Para reduzir os custos, o Ministério da Saúde também mudou o nome da “febre amarela” para a “febre bege”. A falência do Brasil é tamanha que nem epidemia pode ter direito. Daqui a pouco, vamos ter que pedir ajuda humanitária da Nigéria, do Gabão e do Burquina Fasso.

A solução para o Brasil é investir tudo em bitcoins, a moeda digital. Para quem já é pobre em reais, ficar negativado em bitcoins não deixa de ser um avanço. Dizem que a moeda digital é criptografada e, por isso mesmo, infraudável. Eles não conhecem o Geddel Vieira Lima.

Mas desgraça pouca é bobagem. Tem também essa história de empauderamento feminino. Não pode mais assediar mulher do sexo feminino. Nem para fins de procriação. Ficar manjando mulher avulsa agora é considerado atitude machista, fascista e reacionária. E se uma lésbica portadora de sexo feminino assediar uma fêmea da mesma espécie? Pode? Quer dizer, phode? É machismo? É sapatismo? É geelebetismo? Estou perdido na minha sexualidade e não sei mais como satisfazer os meus instintos carnais animalescos de macho impotente.

igo-estrela-estadao

A imprensa anda xeretando o patrimônio da família Bolsonaro. Parece que eles se preocupam mais com o “bolso” do que com o “naro”.

 

Agamenon Mendes Pedreira é macho desempauderado.

 

 

banner_arte_02

EU VOLTEI! VOLTEI PARA VOTAR!

 

Felizmente, nenhum dos meus 17 leitores se deu conta do meu súbito desaparecimento aqui n’O Antagonista. Na verdade, tive alguns problemas trabalhistas com a diretoria deste site.

Segundo o Departamento Pessoal, a minha relação laboral com este órgão digital da imprensa está em desacordo com a lei. Para ser mais preciso, com uma lei promulgada em 13 de maio de 1888 que estabelece o fim do trabalho não remunerado no Brasil.

De acordo com o Departamento Jurídico d’O Antagonista, dirigido pelo célebre adevogado Dr. Kakay, no meu caso esta lei não se aplica, uma vez que eu, Agamenon Mendes Pedreira, não sou afrodescendente. A meu favor, obtemperei junto à administração que poderia ser enquadrado na categoria cafuzo, dentro da “política de cotas” para alvo-caucasianos.

Foi tudo em vão. Surdo a meus argumentos, o Seu Mainardi achou por bem manter a minha tradicional relação trabalhista com este órgão cibercontraditório, inclusive com relação ao salário e demais direitos. Continuo recebendo zero, com adicional de hora-extra e periculosidade. Também não tenho direito a férias, décimo terceiro nem Fundo de Garantia, mas, em compensação, tenho direito à participação nos prejuízos. Por outro lado, as chibatadas semanais receberam um generoso reajuste, passando de 40 para 55 açoites, sem contar os costumeiros insultos por conta dos leitores neobolsonaristas, que me acusam de esquerdista, e os xingamentos dos leitores cripto-lulistas, que me acusam de fasci-nazista. Reconheço que devo todas essas conquistas à reforma trabalhista do governo Michel Temer.

Foi por isso que aproveitei a distração da chefia para escafeder-me no período natalo-reveiolino e assim repousar um pouco o meu castigado lombo. Mas estou de volta, pronto para enfrentar este ano eleitoral de 2018 cheio de oportunidades. O meu amigo, o ministro Gilmar Mentes, ficou inclusive de me arrumar uma boca. Uma boca de urna ou boca de fumo, ainda não sei. Isso vai depender de umas conversas que ele ficou de ter de madrugada com o presidente no Palácio do Jabáuru. Tem que manter isso, viu?

Uma rara imagem de Agamenon Mendes Pedreira repousando na sala de estar d’O Antagonista.

Uma rara imagem de Agamenon Mendes Pedreira repousando na sala de estar d’O Antagonista.

Agamenon Mendes Pedreira é escravo-padrão d’O Antagonista.

 

 

banner_arte_02

HABEAS RABUS: A MISSÃO!

Ao contrário da Constituição, o ministro Gilmar Mentes não se emenda. Não é que o Gilmar soltou mais uma vez o Jacob Barata da cadeia? Barata, o Rei dos Ônibus Sobre Rodas, generoso, já ofereceu instalar uma roleta na penitenciária de Benfica para facilitar a circulação dos apenados que vivem na aba do ministro Soltar Mendes.

Ainda não se sabe o porquê dessa obsessão do Juiz Tabajara em soltar Barata. Geralmente, quem libera Barata é a sua esposa, que dá expediente no escritório responsável pela defesa do Al Capone dos coletivos do Rio.

Línguas maldosas insinuam que Jacob & Gilmar, ânus atrás, formaram uma dupla sertaneja em Mato Grosso do Sul, estado natal do ministro. Os dois criaram o Sertanejo Judiciário (uma vertente piorada do Sertanejo Universitário) e costumavam se apresentar em feiras agropecuárias, inclusive ganhando vários prêmios de robustez, rusticidade e precocidade.

Talvez por essa relação pecúnio-pecuária, Gilmar e Jacob tenham o rabo preso. Um com o outro. Gilmar inclusive foi padrinho de casamento da filha do Jacob, e o seu cunhado é sócio do Barata numa firma de dedetização.

Segundo o meu personal psicoproctologista, o Dr. Jacintho Leite Aquino Rego, o ministro padece de meretíssima desinteria de fundo nervoso. Mais para o fundo que nervoso. Apavorado com o seu o quadro jurídico-patológico, o magistrado Gilmar não consegue controlar a processualística do seu esfíncter nem da Operação Lava-Jato, e acaba todo togado. Um vexame.

CANTE COM AGAMENON

(melodia de A Barata – grupo Só Pra Contrariar (a Opinião Pública)

Toda vez que eu chego em casa
o Barata dos transportes não tá mais em cana.
Toda vez que eu chego em casa
o Barata dos transportes não tá mais em cana.

Diz aí, Gilmar, o que você vai fazer?
– Vou mandar uma habeas corpus para ele escafeder!
Diz aí, Gilmar, o que você vai fazer?
– Vou mandar uma habeas corpus para ele escafeder!

O Gilmar escafedeu a Barata dele!
O Gilmar escafedeu a Barata dele!

Com a decisão de Gilmar Mentes, as baratas resolveram processar as firmas de dedetização.

Com a decisão de Gilmar Mentes, as baratas resolveram processar as firmas de dedetização.

Agamenon Mendes Pedreira é jornalista togado

banner_arte_02

DIGA AO POVO QUE BENFICO!

A que estado chegamos! O Estado do Rio, é claro! O presídio de Benfica agora tem entre seus hóspedes o ex-governador Sérgio Cobrou Filho, Jorge Puccilânime (presidente da ALERJ – Assembleia dos Ladrões do Rio de Janeiro), Carlos Rouberto Nuzman, a “adevogada” Ladriana Ancelmo e até a ex-governadora Rosquinha Garotinho. Seu marido Bandidanthony Garotinho, depois de muito chorar, espernear e fazer birra, foi transferido para a FEBEM.

Nesse presídio muito também estão na tranca $ecretário$, a$$e$$ores e autoridade$ que transformaram o Rio de Janeiro em Rios de Dinheiro, desviando-os diretamente para seus bolsos, que rapidamente eram esvaziados para extravagâncias dinheirísticas dignas de marajás e membros da família real saudita como o Sheik Especial, que torrava sua grana sem limites.

Indignados com a presença desses bandidos de colarinho sujo, os marginais, homicidas, meliantes, batedores de carteira e ladrões de galinha que também estão presos em Benfica resolveram entregar um abaixo-assinado ao diretor daquela unidade penitencial porque não toleram conviver com gente desse nível lado a lado. Além do mais, os pobres apenados começam a Temer pela própria vida e consideram a ida dessa quadrilha para Benfica a maior carceragem!

Num flagrante claro de desaforo privilegiado, os guardas do presídio descobriram uma enorme Smart TV na cela de Sérgio Cobrou Filho, na qual o ex-governador passava o dia assistindo a fitas pornôs, que, na verdade, eram vídeos de segurança do seu gabinete, onde rolavam as sacanagens mais escabrosas. E, como se não fosse bastante, os políticos, em vez de comerem o pão que o diabo amassou (servido diariamente na cadeia), se regalam com iguarias caríssimas como caviar, foie gras e presunto de Parma, presunto que foi desovado ali por um miliciano amigo da galera.

 

Sem ter mais o que roubar, os quadrilheiros de Benfica passam o dia inteiro jogando xadrez, que é de onde se espera que eles não saiam tão cedo.

Sem ter mais o que roubar, os quadrilheiros de Benfica passam o dia inteiro jogando xadrez, que é de onde se espera que eles não saiam tão cedo.

 

Agamenon Mendes Pedreira quer ser preso logo e ir para Benfica usufruir as mordomias do ex-governador Sérgio Cobrou.

 

banner_arte_02

 REAÇÃO EM CADEIA

 

Nem tudo vai mal no Brasil. O Rio de Janeiro, por exemplo, vai de mal a pior. O único consolo do carioca é que hoje está melhor do que amanhã! Para economizar, o povo já está pensando em transformar a ALERJ (Associação dos Ladrões do Estado do Rio de Janeiro) numa cadeia. É só botar as grades, mas o Rio está quebrado, não tem verba para essa obra. A ALERJ está uma bagunça. Na semana passada, proibiram o povo de assistir à votação da “desprisão” do Jorge Picciani. Segundos os seguranças, só pode entrar no recinto quem tem ficha na polícia e atestado de maus antecedentes criminais.

No Rio de Janeiro está todo mundo em cana. Só falta prenderem o Pezão para transferir a sede do governo para a penitenciária de Benfica. Até os membros do TFC (Tribunal de Faz de Contas) estão recolhidos “aos costumes”, como se dizia nos tempo em que se amarrava corrupto com propina. Por enquanto, o xerife da cadeia é o ex-governador Serginho Marginal Filho, mas agora, com a prisão do Garotinho, já se comenta que os dois podem disputar a eleição em 2018 para ver quem vai governar a penitenciária. A Polícia Federal anda muito cabreira: depois da prisão do Picciani, estão achando que vai ter guerra de facção em Benfica. Por falar em Jorge Picciani, a Associação Protetora dos Animais protestou contra a prisão do sócio-atleta.

O entra e sai da cadeia carioca é frenético e incessante e não é por conta das visitas íntimas, mas das ordens desencontradas da Justiça, que manda prender, e da Alerj, que manda soltar. Para facilitar a circulação, os Federais queriam instalar uma roleta na porta da cadeia, já que o governador Pézão Frio quer instituir o jogo para arrecadar mais recursos para roubar.

As cadeias cariocas estão virando um “point”, uma nova atração turística da cidade. Quem acaba de dar entrada na instituição penal é o Casal Vinte, 20%, é claro. Anthony e Rosinha Garotinho também foram recolhidos ao xilindró. Antes de ser trancafiado, Garotinho foi levado até o IML para exame de corpo de delito. O problema é que os peritos, examinando o ex-governador, não conseguiam separar o que é corpo do que é delito. Na dúvida, mandaram prender tudo junto. Garotinho, com medo de assédio sexual, já pediu para ser transferido para a Febem.

 

 

A Cidade Maisdesastrosa está entregue às baratas. No caso, a Famiglia Barata, que controla os transportes, inclusive o transporte de propina.

A Cidade Maisdesastrosa está entregue às baratas. No caso, a Famiglia Barata, que controla os transportes, inclusive o transporte de propina.

 

banner_arte_02

A MAIOR TUCANAGEM

O PSDB (Partido Social Democrata Bundão) não se emenda. Emenda parlamentar, é claro. Os tucanos não se bicam e correm o risco desaparecer. Nem o Ibama salva os tucanos da extinção, mesmo porque o tucano é uma ave inviável. Os tucanos, além de peludos, têm o rabo preso e, por isso mesmo, não sabem voar nem resolver se ficam ou saem do governo.

Na semana passada, Tucanécio Neves destituiu Tucanasso Jereissati da presidência do Partido. O que já era Partido virou o Partido do já era. Enrolado na Lava Jato, Aético Neves, o Beocinho, foi pego com a boca na botija numa gravação com o empresário bovino Joesley Safadão. Eu sempre achei que o Aécio era um playboy, mas não, ele era o maior playboi, pois fazia parte do rebanho de políticos que a JBS comprou com o dinheiro do BNDES (Banco Nacional de Empresários Safados). Para melhorar a imagem do PSDB, alguns tucanos já estão querendo mudar o símbolo da agremiação para um outro bicho, o Passaralho, uma ave de arribação, quer dizer, de demissão.

Na verdade, essa briga no ninho dos tucanos tem a ver com a corrida presidencial. Na próxima convenção do PSDB, os tucanos vão escolher o candidato que vai perder a eleição em 2018. De um lado, estão o governador Geraldo Tucanalckmin, o prefeito João de Barro Dória (que não é tucano, mas também é ave) e Fernando Henrique Tucanoso, presidente de honra do partido. Aliás, honra é o que está faltando no poleiro do partido social-democroto. Enquanto isso, do outro lado do ringue, políticos que só pensam numa coisa: serem eleitos pra qualquer coisa que dê fórum privilegiado. Não tem jeito, o PSDB já estrou pelo tucano.

E, apesar de não ser membro do PSDB e não ter bico, quem está pensando em entrar na disputa presidencial é o apresentador Tucano Huck, que pretende reformar o Brasil do mesmo jeito que faz no quadro Lata Velha com automóveis quebrados que não andam mais. O incrível Huck agora resolveu meter o seu enorme nariz na política e, mesmo sem ser político, pelo menos tem experiência em programas assistencialistas. A começar pelo seu próprio programa, o Caldeirão do Huck. O Caldeirão é uma espécie de Sopa do Zarur do século 21.

Os tucanos, que todos pensavam serem aves boazinhas, na verdade, estão mais pra ave de rapina, rapina dos cofres públicos.

Os tucanos, que todos pensavam serem aves boazinhas, na verdade, estão mais pra ave de rapina, rapina dos cofres públicos.

Agamenon Mendes Pedreira é vítima de trabalho escravo no site O Antagonista.

banner_arte_02

ELES QUEREM É PHODER!

No Brasil, o que não falta é candidato a presidente da República. Também com esse desemprego todo comendo solto, o pessoal tá pegando qualquer “sirviço”! A Presidência até que é um empreguinho bão. O presidente (ou presidenta) pega às nove, larga às dez e ainda folga no fim de semana. Tem décimo terceiro, férias, fundo de garantia, carteira assinada e, se ficar doente, vai direto pro Sírio-Libanês. Fila do SUS? Nem pensar! E o melhor de tudo: pode roubar à vontade que depois o Congresso libera.

E não é só isso! Presidente da República, como todo emprego público, não precisa trabalhar. Além disso, o cobiçado cargo é cheio de vantagens, mordomias, biênios, quinquênios e licenças-prêmio. São os direitos adquiridos. Mas a Presidência era melhor ainda no tempo dos militares porque naquela época tinha mais estabilidade.

Até mesmo eu, Agamenon Mendes Pedreira, desempregado crônico, vivendo no mais completo miserê (e posando pra foto do Sebastião Salgado), estou pensando em me candidatar. Só não me lancei ainda porque um quase imperceptível restinho de escrúpulo insiste em ocupar uma parte remota do meu (mau) caráter.

Mas os brasileiros precisam de candidatos. Estão ficando nervosos, agoniados, ansiosos, pois querem escolher cuidadosamente quem vão passar a odiar, xingar e culpar por todo seus os problemas a partir de 1 de janeiro de 2019.

A campanha nem começou, mas já tem candidato para todos os gostos. Luiz Larápio Lula da Silva não para em canto nenhum. Com medo de ir pro xilindró, Luísque Inácio já está percorrendo o Brasil em caravana, parece até o bando do cangaceiro Lampião fugindo da polícia. Pena que não tem mais Dona Marisa Bonita…

Na outra ponta, temos Jair Boçalnaro, o candidato do LGBT (Liga dos Generais e Batalhões dos Tenentes). Boçalnazi é o candidato mais preparado para ser presidente do Brasil, pois já confessou que não entende de economia, não entende de matemática, nem biologia, muito menos física ou geografia. É um zero à esquerda, quer dizer, à direita. Bossaunauro é o candidato das viúvas da Ditadura Militar, que sonham com a volta do Brasil Potência, quando vai ter Bolsa Viagra pra todo mundo.

Como se vê, para ser candidato a presidente no Brasil, tem que ser populista. Um populista (de esquerda ou de direta) é um sujeito que, pra agradar o povão, promete entregar mundos e fundos, mas, na verdade, só o Jean Willis é capaz de entregar os fundos.

Só falta um populista de centro. Faltava, porque agora o apresentador Lucinasno Huck resolveu meter o nariz na política e lançou sua candidatura com patrocínio do Itaú, da Nissan, da Vivo, da Oi e da TIM.

Amigo do Beócio das Neves, do Joesley Bndestista e do Lula, Huck veio de baixo, bem de baixo para poder puxar o saco de todo mundo que lhe interessasse. Conhecido como arrivista, demagogo, oportunista e populista, Huck infelizmente também possui alguns defeitos.

Huck já estruturou o seu programa de governo, que será apresentado todos os sábados, depois do almoço, na Globo.

Huck já estruturou o seu programa de governo, que será apresentado todos os sábados, depois do almoço, na Globo.

Agamenon Mendes Pedreira é humorista sem fronteira.

 

banner_arte_02

A HOUSE CAIU!

Inacreditável! Quem diria? Além de presidente dos EUA, Frank Underwood também era a primeira-dama!!!! Os escândalos na política não são privilégio do Brasil. Desta vez foi o ex-presidente do House of Cards, que confessou que também aprecia agasalhar um míssil, entubar uma ogiva nuclear, saudar uma mandioca no Salão Anal da Casa Branca. Agora eu entendi aquele episódio do House of Cards (atenção: aqui tem spoiler!) em que o Frank Underwood queria pintar a Casa Branca de cor-de-rosa e trocar a tradicional bandeira americana pelo pavilhão do arco-íris.

O mundo está mesmo acabado! Não se pode nem mesmo acreditar num seriado do Netflix. Agora só falta confirmarem que o Nicholas Brody do Homeland voltou do cativeiro assumindo que é palestino, que o Dr. House agora se dedica à urologia e que o professor Eisenberg do Breaking Bad frequenta a boate The Week, onde trafica supositórios de metanfetamina. Jon Snow, do Game of Thrones, foi visto de drag queen montando um dos dragões da princesa Daenerys, e o Pablo Vittar já assinou contrato para participar da próxima temporada de Walking Dead.

O problema é que o Kevin Spacey saiu do armário confessando que deu em cima, por trás, por baixo e de ladinho num jovem ator menor idade. E se tem coisa que o povo não aceita é a pedofilia contra menores (de idade). Justamente a pedofilia, uma prática tradicional na Grécia Clássica que acabou virando parte da liturgia católica. Tem gente querendo processar a caveira do Michael Jackson por abuso sexual de impotentes, quer dizer, de inocentes.

Graças a Deus no Brasil não tem escândalo sexual. Em primeiro lugar porque o presidente é impotente, quer dizer, importante, e, em segundo lugar, porque os políticos estão muito ocupados fu**%$#@!*dendo com a vida do cidadão.

Como sempre, a extrema direita já quer radicalizar, e o candidato Jair Boçalnaro avisou que, se for eleito, vai mandar fechar o SPA do Pé pela prática de podofilia.

Como sempre, a extrema direita já quer radicalizar, e o candidato Jair Boçalnaro avisou que, se for eleito, vai mandar fechar o SPA do Pé pela prática de podofilia.

Agamenon Mendes Pedreira saiu do armário, foi na esquina comprar cigarros e até agora não voltou.

banner_arte_02

TODO PHODER AOS SOVIETES!

 

Ninguém mais se “alembrou”, mas agora, em outubro, os esquerdisto-socialistas comemoraram os 100 anos da Revolução Russa. A Revolução Bolchevique aconteceu quando os comunistas, comandados por Luiz Smirnoff Lula da Silva, o Lênin, tomaram o poder na Rússia. Desde então, o mundo se dividiu em dois: “nóis” e “eles”. “Eles”, no caso, somos nós, e “nóis”, por consequência, são eles. Eles, ou seja, “nóis”, no caso eles, são os bonzinhos que querem acabar com a miséria do planeta através de “bolsas qualquer coisa” e “justiça social”.

Os socialistas acham que tudo tem que ser igual para todo mundo, só que alguns são mais iguais que outros porque são do Partido. E se o socialismo vai dominar o mundo, ele vai ter que começar por algum lugar. Por que não pode ser na geladeira lá de casa ou no sítio em Atibaia?

Luiz Inácio Lênin da Silva, o Lênine, não estava sozinho quando tomou o Palácio de Inverno na cidade de São Petersburgo (que depois da Revolução foi rebatizada de Lulingrado) durante o gelado outubro russo. Junto com ele estavam outros revolucionários de primeira hora, heróis do povo soviético, que ajudaram na empreitada: Antonio Pallostsky, Joseph Dirceu Stálin, Nadjlma Roussefkaya, La Passiodena, Mao Tsé Tung, Che Guevara, Pol Pot, Ho Chi Min, Kin Il Sun, Hugo Chawsky, Benedita da Silva e Lázaro Ramos (que entraram pela política de cotas), os irmãos Fidel e Raul Castro, Joesley e Wesley Batistoff, e os empreiteiros Bertold Odebrecht, Queirostsky Galvão e Andradski Gutierrez, sem contar os líderes populares Mikhail Temer, Geddelvsky Vieira Lima, Eliseyev Padilha, Moreira Fransky, Jaderevich Barbalho, Collor de Mellowsky, Renansky Calheirovitch, Joseph Sarneyski, Valdemarx Costa Neto e Aécio Nevsky. Também colaboraram para a vitória dos bolcheviques os ministros do STF – Soviete Tribunal Foderal: Gilmar Mentsky, Leon Tróstffoli e Eduardo Lewandosky, que nem russo era, coitado. São muitas as lideranças populares que arriscaram as suas vidas para assistirmos a aurora radiosa do regime socialista e que, assim, surgisse um novo homem (e uma nova mulher, um (a) novo(a) homoafetivo(a) e um novo transgênero), construindo uma nova sociedade justa, igualitária e fraterna desde que ninguém pensasse diferente do Partido, que, como já disse, “semo nóis”. No caso, eles.

E assim se passaram cem anos…Parece que foi ontem.

Para dar inicio à grande obra socialista, os bolcheviques criaram o PAC – Programa de Aceleração Comunista, desviando o curso do rio Volga para que suas águas desembocassem no sertão do São Francisco. Graças aos GULAGs, enormes frentes de trabalho escravo, os comunas acabaram com o desemprego na Rússia. Os bolcheviques também desenvolveram a psiquiatria de esquerda, que passou a funcionar em corrente contínua e alternada.

Aliás, Rússia não. Foi criada a URSS, União das Repúblicas Sindicalistas Soviéticas, filiada à CUT. URSS em caracteres cirílicos (o alfabeto russo) é CCCP e quer dizer: Cuidado Com o Companheiro Palloci. A União Soviética virou uma potência mundial, rivalizando com os Estados Unidos. Os soviéticos foram pioneiros na corrida espacial: depois de lançar o Sputnik, mandaram para o espaço a cadela Laika, que havia criticado o camarada Kruchov no Congresso do Partido. O cosmonauta Gagárin também caiu em desgraça depois de constatar que a Terra era azul, e não vermelha como uma bandeira do MST.

A União Soviética fundou a KGB, uma clínica médica que fazia qualquer mudo falar. A academia de Ciências da União Soviética foi a primeira a ter aulas de zumba, e o Circo de Moscou foi o primeiro a exibir intelectuais amestrados, como Jorge Amado e Luís Carlos Barreto, o Barretão. Os comunistas também criaram o Balé Bolshoi para dar emprego aos homossexuais, que eram perseguidos pelo regime.

Mas, infelizmente, o socialismo real não deu certo. Foi sabotado por uma Conspiração (Filmes) Internacional  (de Engenharia), que uniu a CIA, o FBI, o Vaticano, a Máfia, a Globo, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal. Perseguidos, os comunistas tiveram que fugir para Miami, onde pediram asilo ao Donald Trump.

Segundo a imprensa reacionária russa (patrocinada pela Vodka Smirnoff), a Revolução de 1917 foi golpe!

Segundo a imprensa reacionária russa (patrocinada pela Vodka Smirnoff), a Revolução de 1917 foi golpe!

Agamenon Mendes Pedreira é a testemunha ocular da História.

 

banner_arte_02