banner_arte_02

SACO VAZIO NÃO FICA EM PÉ

O Brasil, ao contrário da Constituição, não se emenda. Quando tudo já está bem ruim, aí é que as coisas pioram mesmo. O Brasil está à beira do abismo. A chapa está quente. O bicho vai pegar e a vaca (da Friboi) foi pro brejo! Me faltam clichês, lugares-comuns e frases feitas e superfaturadas pela Odebrecht para definir a situação em que vivemos.

Até o venerando juiz Gilmar Mentes disse que “o Brasil virou uma enorme Organização Tabajara”, o que é uma ofensa ao grande grupo empresarial, um dos poucos no país que não está envolvido nessa roubalheira toda. Fato que só evidencia a incompetência da diretoria!

Eu, Agamenon Mendes Pedreira, testemunhei grandes acontecimentos da História: o suicídio do Titanic, o naufrágio de Getúlio Vargas e o incêndio de Kennedy. Mas nunca em minha extensa folha pregressa de jornalista mau-caráter me vi diante de uma crise dessas! Crise em que o povo brasileiro não aguenta mais ficar, mas da qual o presidente Michê Temer não quer sair. De jeito nenhum.

Quem ainda tem grana para a passagem está preferindo trocar de país porque este aqui, vamos combinar, já era. É inegável: o Brasil esta mudando. Está mudando para Zâmbia, Bangladesh ou Coreia do Norte. Qualquer lugar onde se possa viver um pouco menos pior. Como está é que não dá para ficar. Tem que piorar mais um pouco para poder ficar suportável.

Na verdade, o povo brasileiro está sendo submetido, sem saber, a um teste médico anatômico de caráter científico. Cientistas internacionais estão querendo descobrir até onde um saco humano é capaz de encher antes de arrebentar de uma vez por todas. E, para realizar esse experimento, escolheram o Brasil.

twitter-gilmar-mendes

As Organizações Tabajaras foram contratadas para cavar o buraco do Brasil, mas esqueceram de superfaturar a obra.

Agamenon Mendes Pedreira está de saco cheio e barriga vazia.

 

12
ao todo.
banner_arte_02

O FURO PRIVILEGIADO

Uma questão apavora os brasileiros de norte a sul, do Oiapoque a Marilena Chauí, de cabo a rabo. Mais pro rabo que para o cabo: o fim do foro privilegiado. Desde os tempos em que a Gretchen ainda não tinha feito plástica e o Matusalém não usava dentadura, o Brasil se destaca entre as nações do mundo inteiro por conta do “foro privilegiado”. Estão aí a Mulher Melancia, a Mulher Melão, a Mulher Jaca e a Mulher Umbu como prova substantiva, adjetiva e material. A Isaura, a minha patroa, apesar da idade avantajada, também é conhecida pelo privilégio do seu foro a quem o povo carinhosamente apodou de Mulher Maracujá.

Turistas do mundo inteiro vêm para o Brasil só para conhecer e apreciar as vantagens do foro privilegiado, coisa que não existe em nenhum outro lugar com tanta fartura e permissividade. Também pudera, o foro privilegiado garante a imunidade parlamentar contra várias moléstias infectocontagiosas como o Cancro Mole, a Crista de Galo, o Condiloma Acuminado, a Tricomoníase, a Gonorreia, a Sífilis e a Tuberculepra Gonocócica. Sem falar das prisões, inclusive as de ventre.

Isso porque aqueles que têm acesso ao foro privilegiado só podem ser julgados pelo Supremo Tribunal Fuderal. Mas então, logo agora, na minha vez, quando eu, desempregado crônico, pensava seriamente em me candidatar em 2018, o governo vem com essa ideia de acabar com o foro privilegiado. Melhor dizendo, quando alguém diz que está pensando seriamente está mentindo: ou se está pensando ou é seriamente.

28-03

Conhecido pela Odebrecht como “gato angorá”, o senador Moreira “Franco” não esconde de ninguém que é louco por gatos

Agamenon Mendes Pedreira é candidato do PP, Partido da Papuda.

 

21
ao todo.
banner_arte_02

RENAN CALHEIROS: O REI DO CA(N)GAÇO!

Não aguento mais escrever sobre a política brasileira!

Eu gostaria de entreter os meus dezessete leitores e meio (não se esqueçam do anão!) com temas palpitantes: assassinatos misteriosos, traições ignóbeis, negociatas bilionárias, enriquecimentos súbitos, viagens em jatinhos, louras siliconadas, charutos cubanos, jantares faustuosos, joias verdadeiras, documentos falsos e malas cheias de dinheiro.

Mas qual! O Sr. Mainardi, o Doge de Veneza, e o Sr. Sabino, o Duque do Itaim, me obrigam a escrever sobre a política brasileira: árida, insípida, inodora e incolor. Monótona como a vida de um aposentado na Noruega.

Mas o que fazer? – indagaria Lenine, o compositor pernambucano. Sou um escravo dos meus patrões insaciáveis, que nada me pagam, mas, justiça seja feita, jamais me atrasaram um dia de salário. Assim vou mourejando dia após dia, semana após semana, tal e qual um Sísifo do alfabeto, empilhando vocábulos, boutades e tirades para tudo recomeçar na segunda-feira.

Enquanto isso, a minha colega, Cláudia Cruz, jornalista de uma notícia só – “…este celular se encontra desligado ou fora da área de cobertura…”  –, foi visitar o marido Dedurado Cunha nas instalações da Polícia Federal em Curitiba. Trajando um discreto Dior, Cláudia levou a tiracolo o consagrado arquiteto Chicô Gouvêa. A Sra. Cunha planeja “dar um tapa” de bom gosto e sofisticação nos aposentos do marido. Enquanto isso o milionário Marianinho Marcondes Ferrou, homem do jet set internacional, foi preso quando embarcava para Londres, com dinheiro na cueca Armani.

Renan Calheiros está certo. Estamos voltando aos anos tenebrosos da Ditadura Militar. O senador Renan Canalheiros, apesar de ser um coronel das Alagoas, teme a volta dos militares, da tortura e do pau de arara. Ora, senador, todo mundo sabe que o pau de arara só tem um sentido: do Nordeste para o Sudeste, de fora para dentro em movimentos ritmados e crescentes. Nem de longe passa por Brasília.

Reinan Calheiros, sempre preocupado com a Saúde, tem medo que o Judiciário e os seus agentes cometam excessos no exercício do Poder levando a República a um enfarte do miocárdio. Renan conhece a Justiça brasileira, só no Supremo Tribunal Federal tem nove processos, sendo que um é por justificar com notas frias o pagamento de mulheres quentes. Mas, até aí, nada de mais.

Renan Calheiros, uma espécie de cangaceiro moderno, é perseguido pela Volante da Polícia Federal. Em vez de acoitar-se em Angico, no sertão, prefere o cerrado federal, onde se sente mais seguro. Político liberal, a sua ex-Maria Bonita já posou pelada para a Playboy.

O problema é que Renan Calheiros insiste em marcar uma reunião entre os três poderes para acertar o assunto. O presidente Temer representando o Executivo. Renan representando o Legislativo e a Dra. Cármen Lúcia representando o Judiciário. Mas o presidente do Senado quer ser escoltado por seus capangas da Polícia do Congresso. A presidenta do Supremo, Carmen Lúcida, recusou o convite porque temer ser assaltada pelos meganhas do Congresso.

20161027-agamenon

Alagoas que já nos deu Teotonio Vilela e Graciliano Ramos hoje só nos dá vergonha.

Agamenon Mendes Pedreira é jornalista sem emprego e sem escrúpulos.

797
ao todo.
banner_arte_02

EREÇÕES PARA PERFEITO!

Domingo tem eleições no Brasil! Desde sexta-feira, ninguém mais pode ser preso mesmo sendo político. Isso é um alívio para quem está enrolado nas Operações Lava Jato, Zelotes, Fariseus e outras por aí. Essa galera vai ter três dias para dormir sossegada sem que os meganhas da Polícia Federal venham bater na porta de casa às seis horas da matina.

No Rio de Janeiro está tudo embolado, o eleitor fica na maior dúvida para saber em quem não votar. Alguns candidatos são ruins, mas, em compensação, os outros são piores ainda. No Rio de Janeiro, inclusive, já começou a temporada de caça ao candidato a vereador.

Pelas ruas da cidade, candidatos de rua ficam nos sinais implorando um voto dos motoristas. Felizmente, nesta eleição, os políticos não estão prometendo nada. Muito pelo contrário, estão pedindo emprestado. Sem Caixa 2, sem Odebrecht, sem Petrobras para dar uma “força”, fica difícil bancar uma eleição.

Na minha opinião, o melhor candidato é o Pedro Paulo, afinal, apesar de todos os defeitos, ele é o candidato da lei. Lei Maria da Penha. Com o Pedro Paulo é pá-pum! E ele prometeu limpar a baía de Guanabara e levar o BRT até a Baixada. Tudo na base da porrada. Não sei por que ficam criticando o Pedro Paulo. Ele espancou a mulher dele, não espancou a mulher de mais ninguém! Afinal, o Brasil é ou não é um país capitalista? Cadê o direito inalienável à propriedade privada? No socialismo é que neguinho se junta para bater na mulher dos outros porque ninguém é de ninguém, é tudo propriedade do Estado.

Marcello Crivella é o candidato Universal. Quer dizer, é mas não é. Crivella não é lá um sujeito muito católico. Mas, como crente praticante, Crivella não tem vício, só vice, um tal de Mac Dowell que ninguém conhece. Nem ele. Na esquerda, o candidato é o Marcelo Frouxo. Frouxo é o preferido dos intelectuais e dos artistas. O pessoal que é mais ligado nas políticas sociais como shows, festas, baladas, verbas e boladas. A esquerda tem também a Jandira Feghali. Para quem acha que a coisa no Rio está feia, precisa ver o que vai acontecer se elegerem a Jandira Feghali. O Candidato Índio de Costas pode ser o mais adequado, pois, enquanto Índio, anda nu, inteiramente pelado, com tudo de fora, que é o uniforme adequado para uma cidade que está quebrada.

Mas em São Paulo é que o bicho pega. A disputa está entre o mauriçola (mistura de Mauricinho com Boiola) João Dória e o Celso Russomano. Na minha opinião, Celso está mais pra russo do que pra mano. Tem também a Mortha Suplicy, que prometeu proibir as músicas do Supla e levar o Botox e a o Silicone até as populações da periferia. Ela vai criar o programa de inclusão social Minha Plástica, Minha Vida. Ainda tem a Luiza Erundina, a velha e boa Erunda, que já foi prefeita de São Paulo, mas ninguém se lembra, nem ela.

20160930_Agamenon

Os eleitores da Martha Suplicy não sabem que Martha, Supla e Ana Maria Braga são a mesma pessoa. Pessoa?

Agamenon Mendes Pedreira é candidato a vereador baleado.

390
ao todo.

banner_arte_02

UMA MÉDIA COM PÃO E GUIDO MANTEGA

Assim fica difícil acompanhar o noticiário da bandidagem nacional. Aliás, está cada vez mais difícil ser desonesto no Brasil, a concorrência é acirrada e desleal e, se tem uma coisa que me deixa injuriado, é ver bandido roubando bandido! Cadê a ética neste país?

Vamos aos flatos:

Esta semana prenderam o Guido Mantega. Depois soltaram. Neste prende e solta, solta e prende, o Guido Mantega parece um mais intestino grosso: só faz merda. E foi isso mesmo que ele mais fez na Economia. Fora isso, Guido dedicava as suas horas de lazer achacando empresários como o Eike Batista. Isso mesmo, achacando como se fosse um jornalista marrom, quando todo mundo sabe que Mantega é economista. Extorsão no Brasil, que eu saiba, ainda é atividade exclusiva de jornalista e Polícia Militar carioca. Não necessariamente nesta ordem.

Mesmo sendo ministro, Guido Mantega não poderia sair por aí chantageando os outros sem ter registro profissional na carteira e sem pagar a prestação do Sindicato dos Jornalistas (filiado à CUT). Mas o juiz Sérgio Moro vai acabar com essa bandalheira! Ora se vai!

É por causa dessa concorrência desleal que eu, assim como 12 entre 10 brasileiros, me encontro perdido, desempregado, na rua da amargura sem número e com o IPTU atrasado, e pior: sem ter como comprar um apê em Portugal.

Estava tudo muito calmo no Brasil estas últimas semanas… Já estava dando para desconfiar. Na verdade, como todo mundo sabe, a Justiça é cega e, em sendo cega, estava participando da Paralimpíada jogando futebol de cinco no time do Brasil.

Agora que os jogos acabaram, a Justiça pôde voltar aos seus afazeres e já saiu colocando o Lula e a Dona Marisa no banco dos réus da Operação Lava Jato.

Lula, como não poderia deixar de ser, escafedeu-se. Fugiu do Brasil e se mandou para o Nordeste. Parece que lá ainda tem alguns alguéns que acreditam nele. O povo nordestino, como se sabe, crédulo e miserável, acredita no Padim Ciço, na Irmã Dulce, na Mula Sem Cabeça, no Saci Pererê, no Boi Tatá, na Cegonha, no Papai Noel e em outras entidades do folclore afro-brasileiro.

Ah! Os artistas também.

23-09 AGAMENON

Como bem disse o Lula, ao contrário dos funcionários públicos, político, mesmo ladrão, tem que trabalhar todo ano pedindo voto.

Agamenon Mendes Pedreira é jornalista em regime semiaberto.

595
ao todo.
banner_arte_02

O FRACASSO SUBIU À CABEÇA

Apesar da crise generalizada, os Jogos Olímpicos continuam e os brasileiros, sempre otimistas, comemoram qualquer coisa num maravilhoso clima de “já perdeu”. A verdade é que o Brasil não ganha nenhuma medalha porque os nossos atletas não sabem roubar. Se colocassem políticos, empresários e empreiteiros na delegação, eles iam levar o ouro todo.

O nosso fracasso olímpico é pura falta de planejamento. Os Jogos Olímpicos foram marcados muito em cima da hora. Não deu tempo para o país se preparar adequadamente para perder tantas medalhas e não bater nenhum recorde. Como todos sabem, com exceção dos nossos cartolas olímpicos, os Jogos ocorrem a cada quatro anos, sendo que o Rio de Janeiro foi escolhido só em 2009! Não teve tempo suficiente, nem para o crime, sempre organizado, funcionar direito.

Mas nem tudo é fracasso e decepção. Infelizmente também ocorrem alguns contratempos. Mas são problemas de última hora, nada que uma gambiarra superfaturada não resolva. O tradicional “jeitinho brasileiro” acabou, agora somos o país da gambiarra. A gambiarra é uma espécie piorada de made in china só que com a marca Tabajara. Isso vale para tudo: da torneira da pia do banheiro até a seleção de futebol. Depois do Modernismo e do Tropicalismo, o Tabajarismo de Gambiarra é a nova revolução cultural brasileira. Não tem problema! Pode confiar, pessoal, porque tudo vai dar errado no final. Se ainda não deu, é porque ainda não é o final.

Proprietária da única medalha de ouro no Brasil até agora, a judoca Rafaela Silva, após a vitória, caiu em pranto convulsivo. Chorava e soluçava sem parar e, quando perguntaram o que ela queria, Rafaela respondeu na lata: um hambúrguer. A pobre criatura estava passando fome! Até aí nada de mais! O pior é que só foram levar a campeã no McDonald’s depois de ela chorar no Jornal Nacional, no Caldeirão do Huck e no Esquenta da Regina Casé.

No quadro de medalhas, o Brasil disputa palmo a palmo com Tonga, Burkina Fasso, Suriname e outras potências do esporte mundial. Desconfiados do dinheiro gasto e dos resultados olímpicos, o juiz Sérgio Moro deu início à Operação Lava Tocha para descobrir onde foi parar a grana que deveria ter chegado para os nossos atletas que, como sempre, acabaram chupando o dedo — os que ainda têm dedo para chupar (não podemos esquecer dos paralímpicos!). Aliás, daqui a pouco vai começar a Paralimpíada, onde o Brasil é campeão mesmo que os nossos atletas deficientes não tenham nenhum apoio, só das muletas.

Para um sujeito desempregado como eu, é muito difícil cobrir a Rio 2016. Já não ganho em reais, muito menos em dólar ou euro. Aqui no Parque Olímpico os preços são de Primeiro Mundo! Sou obrigado a passar o dia junto com os nossos atletas de rua, revirando lata de lixo em busca de comida ou de uma medalha usada, qualquer coisa serve. Mas o miserê não é só coisa de brasileiro. Os atletas da Venezuela estão trocando as suas medalhas por rolos de papel higiênico. Mas uma coisa ninguém pode negar: a Rio 2016 é totalmente ecológica: até a água da piscina é verde.

A Força Nacional já está montando um esquema especial para o Michael Phelps atravessar a Linha Vermelha com as suas medalhas penduradas no pescoço.

A Força Nacional já está montando um esquema especial para o Michael Phelps atravessar a Linha Vermelha com as suas medalhas penduradas no pescoço.

Agamenon Mendes Pedreira é atleta bi e pan sexual.

1.0mil
ao todo.
banner_arte_02

DEDO DURO DE ROER

A Lava Jato está passando o Brasil a limpo como se o país fosse um carro todo encardido e empoeirado, daqueles que as pessoas escrevem na lataria com o dedo “Lave-me”. O que, aliás, é o caso do meu Dodge Dart 73, enferrujado, minha residência automotiva, que fica estacionado na Rua da Amargura, fundos. E tudo isso graças aos dedos-duros, dedos-nervosos, alcaguetes, X-9s e delatores em geral. Sigam-me o meu raciocínio: se não fossem o Rouberto Jefferson, o Delcídio do Amoral e agora esse Sérgio Manchado, ninguém ia ficar sabendo das falcatruas, picaretagens e roubalheiras generalizadas para as quais, infelizmente, nunca fui convidado.

O que é pior é que não sobra ninguém: todo mundo está enrolado. Renan Canalheiros, José Sambey, Romero Jabá, Aético Neves, sem falar na rapaziada do PT (Partido da Tranca) cuja “diretoria” está toda na cadeia, que é a atual sede do Partido dos Trapaceiros. Até a Marina Selva, que tirava onda de honesta, está sendo acusada de ter recebido grana pelo Caixa 2. E olha que foi dinheiro vivo, orgânico, cash, in natura. A merda no ventilador também respingou no presidente inteirinho Michê Temer, com sua cara de mordomo de filme de terror, que agora foi delatado pelo dedo de seta Sérgio Manchado. Mas o Temer ainda tem uma atenuante porque a mulher dele é gostosa e, dizem, que até a ex-presidanta Fudilma Rousseff queria pegar. Por enquanto, Procurando Janot só mandou prender a galera do PMDB (Partido Me Dá uma Bolada), mas a verdade é que falta alguém em Underberg: o ex-presidente Luísque Inácio Lula da Silva, o cappo di tutti cappi, também conhecido como Brahma. Mas quando o “empresteiro” Marcelo Odecheque der com a língua nos dentes, o “9 Dedos” vai ter que pagar sua etapa ou, no mínimo, usar uma tornozeleira eletrônica. Acostumado ao bem-bom e às mordomias, o ex-líder sindical já mandou dizer que só vai usar tornozeleira se for de grife tipo Chanel, Prada ou Dolce & Gabbana.

Mas o que me dá mais raiva nisso tudo, o que mais me deixa indignado como cidadão é que, dessa dinheirama toda que foi subtraída do Erário Carlos pelos políticos, nem sequer um mísero tostão veio parar no meu bolso. Logo eu, que sempre assumi publicamente que sou um jornalista escroque e mau-caráter, hoje, diante da corrupção generalizada, posso ser considerado o homem mais honesto do Brasil. Mais que o Sérgio Moro, o Teori Xavasky e o Lula! Eu sou um incompetente mesmo, só não dou um tiro na cabeça porque meu revólver não tem bala na agulha!

aga-1606

Entusiasta da Operação Lava Jato e admiradora do juiz Sérgio Moro, Isaura, a minha patroa, está fazendo felação premiada direto, o que, aliás, tem ajudado nas despesas aqui de casa.

Agamenon Mendes Pedreira é corrupto desempregado.

550
ao todo.
banner_arte_02

BRASÍLIA DE SEGURANÇA MÁXIMA!

Desta vez o Brasil foi longe demais! Continuando assim o país vai acabar indo pra Cucuia! E olha que a Cucuia fica muito longe, quer dizer, ficava. A cada dia que passa, o Brasil se aproxima mais desse lugar imaginário aonde, segundo a minha avó, as coisas iam quando não tinham mais solução.

Pois não é que o Janot pediu a prisão do Eduardo Cunha, do Romero Jucá e do Renan Calheiros?!!! Todos os três de uma vez só. E como se tudo isso fosse pouco, prenderam o Japonês da Federal, o último bastião da moral e dos costumes no Brasil! Foi preso por causa de contrabando. Ora, contrabando hoje em dia é no máximo caso de FEBEM.

Onde vamos parar? O Brasil eu não sei, mas o VLT (Verbas Levadas sobre Trilhos) do Eduardo Paes já parou no segundo dia de funcionamento.

Do jeito que a coisa vai, a única solução é transformar Brasília em presídio. Ou seja, o Brasil vai ser o primeiro país do mundo a ter uma Capital Federal de Segurança Máxima. Muitos inocentes vão ficar presos na cadeia, eu sei, mas a maioria, com certeza, vai saber por que ficou na tranca. Imaginem o PMDB, o PP, o PSC, o PSDB e até o PQP na cadeia. Em pouco tempo, os políticos acabariam se unindo numa facção criminosa: o PCCF – Primeiro “Comamando” – da Capital Federal. Menos o PT, é claro. Os petistas fariam questão de ficar, como sempre, na oposição junto com o PC do B e o PSOL. Os três partidos iriam fundar uma facção rival, o CV – Comando Vermelho.

Espera aí! Mas o Comando Vermelho já existe!!! E daí? Depois de roubar a Petrobras, a Eletrobras, o BNDES, a Caixa Econômica, o Banco do Brasil e o escambau, vocês acham que o PT não iria roubar o Comando Vermelho? Fala sério.

Enquanto isso o governo interino faz de tudo para economizar, aumentando os salários do pessoal do Executivo, Legislativo e Judiciário.

Me refiro-me ao governo Temer-se. Na presidência poder-se-ia diminuir-se os gastos públicos se economiza-se nos gastos em mesóclises, próclises e ênclises. Poder-se-ia, mas não se faz-se.

 

7d5d7fd74d95bfca65b9349e3d2f0b49

Depois de ter as suas verbas cortadas pelo Palácio do Planalto, a ex-presidente em exercício de bicicleta Dilma Roskoff avisou que vai viajar em aviões de carreira. Dilma e sua comitiva vão lotar o compartimento de malas sem alça.

Agamenon Mendes Pedreira é gramático de pé-quebrado.

447
ao todo.
banner_arte_02

TÁ RUIM PRA TODO MUNDO!

Assim como o meu bilau, o PIB encolheu! Pelo quinto ano consecutivo, o Produto Ínfimo Bruto ficou negativado! A “grandeza” de nossa economia já virou motivo de piada, quer dizer, piaba, no mundo dos negócios. Nosso Pibinho já está sendo comparado ao ridículo PIB japonês, que é motivo de chacota nos vestiários e banheiros da comunidade financeira internacional.

Só uma coisa está crescendo no Brasil: o desemprego. Aliás, eu, Agamenon Mendes Pedreira, fui um dos primeiros visionários que saí na frente e acabei sendo demitido de todos os órgãos da imprensa escrita, televisionada e dada de graça no sinal de trânsito. Fui um dos precursores das demissões que reduziram as redações de imprensa jornalística a um cenário de Walking Dead, devastadas, vazias, desoladas. Alguns jornalistas que ainda não foram pra rua têm até medo de ir até o jornal trabalhar, com medo de que surja das trevas algum zumbi faminto que queira chupar seus cérebros! Se bem que hoje em dia tá difícil achar um cérebro no jornalismo brasileiro.

O miserê tomou conta do Brasil e até mesmo o fotógrafo Sebastião Salgado me demitiu do trabalho que eu fazia como modelo miserável de suas fotos sob o argumento que “tá ruim pra todo mundo”. Se não fosse a Isaura, minha patroa, que está costurando pra fora (e pra dentro também), nós já estaríamos passando fome na Rua da Amargura, aliás, onde fica estacionada a nossa residência, o Dodge Dart 73, enferrujado.

Felizmente, meus 17 internautas e meio (menos o anão, que está trabalhando na nova temporada de Game of Thrones), almas caridosas, deixam aqui na minha casa toda semana uma cesta do Hortifruti, cheia de vegetais de duplo sentido. E, às vezes, triplo sentido também! Só uma coisa me dá algum consolo: meu vibrador Rabitt Turbo Power, mas, infelizmente, eu e a Isaura, a minha patroa, não estamos podendo utilizar o erotoaparelho na sua plenitude porque não temos mais grana pra comprar pilha…

02062016_ImagemAgamenon

Os otimistas acreditam que o pior ainda está por vir. Já os pessimistas preferiram todos se mudar pra Venezuela.

Agamenon Mendes Pedreira é cronista e desempregado crônico.

465
ao todo.
banner_arte_02

O ABISMO À BEIRA DO BRASIL!

O governo Zica Roskoff está parecendo as Casas Bahia: na maior liquidação! Qualquer ministério, novo ou usado, entrou em promoção! BNDES, Caixa Econômica ou Banco do Brasil, porteira fechada, sem entrada (e sem saída), em até 24 vezes à vista ou no cartão!!! Vamos aproveitar que é só até sábado!!!!

Enquanto isso, o ex-presidente Luísque Inácio Lula da Silva, na suíte ex-presidencial do hotel Golden Tulip, vai recebendo um a um os parlamentares da base desalinhada. A debandada das últimas horas aumentou o clima de desconfiança no comércio. Os deputados que venderam seus votos ameaçam colocar o Lula no Serasa. Eles acham que os cheques do ex-presidente em exercício não têm fundos. Lula, por sua vez, quer entrar no Procon contra os deputados. Ele está desconfiado de que os parlamentares não vão entregar o que venderam no domingo. Mas no Brasil é assim mesmo: político que rouba político tem cem anos de mandato.

A questão agora é o que fazer com a quase ex-presidenta impichada. Com o desemprego comendo solto no Brasil, o que a presidenta-gerenta vai fazer para ganhar a vida? Como cozinheira é sem chance: Dilma não sabe fritar um ovo, só sabe fritar ministro. Como faxineira, já mostrou que não faz o serviço direito. Motorista de Uber? Também não serve. Dilma não sabe dirigir, só consegue engatar a marcha à ré. Talvez possa fazer entrega de pizza, e por isso tem treinado muito na bicicleta. Jaques Wagner me confidenciou que Dilma vai ser convidada para fazer uma imitação dela mesma no Zorra Total. A questão é: como ela vai conseguir decorar as falas se o João Sacanna não está por perto?

Para votação do impeachment, domingo, em Brasília, tudo já está nos conformes. Para não haver conflito, construíram um muro enorme dividindo o eixo monumental. De um lado vai ficar a direita, do outro vai ficar a esquerda e, em cima, os tucanos.

 

14-04 Temer com dentes

O vampresidente, Michel Temer, já anunciou duas medidas de impacto do seu governo: 1) Vai proibir o comércio de alho em todo o território nacional. 2) Vai estatizar os Bancos de Sangue. 3) Vai abrir uma embaixada na Transilvânia.

Agamenon Mendes Pedreira também está em liquidação! Só até sábado.

644
ao todo.
banner_arte_02