banner_arte_02

QUE PAPELÃO!

Só agora o povo entendeu por que é que o William Bonner não queria mais comer a Fátima Bernardes! Nem o churrasquinho na laje de domingo o brasileiro pode fazer em paz! As carnes que comemos estão todas podres! E não é só a carne, não! O Brasil está podre e começou pela geladeira lá de casa: asa de frango, drumete, lombo, chuleta, picanha, alcatra, maminha, fraldinha, acém, lagarto redondo, patinho, linguiça calabresa, peito de peru, mortadela e presunto. Tá tudo bichado. Só não joguei as carnes fora porque a geladeira lá de casa há muito tempo não sabe o que é uma proteína animal.

Pois então. Desta vez os federais bateram às 6 horas da matina na porta do açougue para levar a vaca, o boi, o frango e o porco na coercitiva para depor na delegacia e depois fazer exame de corpo de detrito no Instituto Médico Legal. Peritos da Vigilância Sanitária descobriram cabelo na linguiça do Tony Ramos e restos de carne deteriorada na perna de pau do Roberto Carlos.

Eu nunca comprei carne da Friboi: sempre desconfiei do dono do frigorifico, o Joesley Safadão. As propagandas todas eram feitas pelo marqueteiro João Sacanna, que fazia questão de receber pelo serviço em carne. Na Argentina. Agora entendo por que trocaram o nome da Sadia para Brasil Fudis! O fudis somos nós!

Aliás, este escândalo carnívoro vai prejudicar o nosso comércio exterior. Como todo mundo sabe, depois da corrupção, a carne é o segundo produto mais exportado pelo Brasil. Agora, o brasileiro, em vez de ir no Mundial, nos Supermercados Guanabara ou no Pão de Açúcar, vai fazer fila na porta do IML para arrumar um pedaço de carne podre para botar na sopa.

Como é que vai ser agora? O brasileiro não passa sem um pedaço de carne no espeto! Vamos ter que virar antropófagos e passar a comer as mulheres por via oral. Ou pior: vamos ter que virar um povo de vegetarianos alimentado à base de capim e alfafa como os políticos da base aliada. Pois é: agora SOJA o que Deus quiser!

Curta a minha página no Facebook https://www.facebook.com/agamenonreal

110429moradias_f_007

Agamenon é do tempo em que só se podia usar cabeça de porco para moradia popular.

Agamenon Mendes Pedreira acha que onde se ganha o pão não se deteriora a carne.

 

672
ao todo.
banner_arte_02

THE BOOK ROSA IS ON THE TABLE

A novela “Verdades e Cascatas”, de Walcyr Carrasco, está mostrando pela primeira vez ao Brasil a realidade das agências Book Rosa. Pra quem não sabe, Book Rosa são agências que trabalham cafetinando jovens modelos que, algumas vezes, são contratadas para fazer programas e depois voltar à prostituição, que é o esporte que elas realmente gostam de praticar. Essas inocentes GPs também se vendem por dinheiro e acabam envolvidas com o crime organizado, assim como o pessoal do PT (Partido da Tranca ) e da base criminal aliada.

Cobrando mais que o Lula em suas “palestras”, as abonadas garotas do Book Rosa passam a torrar a grana com os vícios mais caros, levando uma vida de devassidão e safadeza generalizada. Até aí, tudo bem. O problema é que, em pouco tempo, essas lindas jovens, que esbanjavam saúde e beleza, acabam se tornando viciadas em crack: Fred, Adriano, Ronaldinho Gaúcho e o Guerrero.

A prostituição e o jornalismo são as mais antigas das profissões. E isso desde o tempo em que a primeira mulher da caverna (ancestral da “mulher sapiens” da Dilma) resolveu vender seu corpo por um pedaço de carne. Carne de mamute, é claro. Só os caretas e coxinhas conservadores não veem que esse lance do Book Rosa não tem nada de mais, é só uma espécie de gourmetização da putaria. Um bordel on-line com três estrelas no Michelin. A diferença é que agora estão cobrando uma fortuna por aquilo que você já comeu mais barato.

Com a chegada do Viagra feminino, as reprimidas mulheres muçulmanas vão, finalmente, poder dar a burka.

Com a chegada do Viagra feminino, as reprimidas mulheres muçulmanas vão, finalmente, poder dar a burka.

 

Agamenon Mendes Pedreira é jornalista book marrom.

357
ao todo.
banner_arte_02