banner_arte_02

LONGEVIDADE NÃO TEM IDADE

                                               Dr. Jacintho Leite Aquino Rêgo, MD.

Um das especializações mais obscuras da psicoproctologia é a que trata do envelhecimento reto-furicular, a gerontorabologia. Com o passar dos ânus e dos trocadilhos infames, a prega-rainha começa a apresentar sinais exteriores de fadiga muscular. Este sintoma, aliado ao esgarçamento nadego-lortal e ao entupimento das artérias reto-lombares, pode provocar um fulminante infarto furicárdico o que pode deixar o individuo raboplégico (paralítico da cintura para dentro) para o resto da vida. Para que, mesmo na senilidade, se possa gozar de uma perfeita saúde psicoproctológica, prolongando a vida útil do pavilhão reto furicular, deve-se levar a uma vida saudável, evitando as gorduras e dando preferência a uma dieta rica em vegetais fibrosos de duplo sentido. A prática de esportes também é recomendada, mas com os de devidos cuidados, para se evitar o rompimento do Tendão de Roskoff ou uma entorse do nervo tarraquetóide posterior.

old-man-laughing

banner_arte_02

Dr. Jacintho Leite Aquino Rêgo comenta: Chimpanzés

Cientistas ingleses, depois de intensas pesquisas genéticas, revelaram esta semana que os Chimpanzés podem ser considerados seres humanos. Esta notícia abalou a comunidade científica internacional e despertou a revolta no meio macacal que se sentiu ofendido com a comparação. Mas, enquanto psicoproctologista de fama internacional, eu já havia chegado a esta conclusão há muitos anos. Com trocadilho, por favor.  Apesar de não praticar a psicoproctologia  veterinária, costumo atender em meus consultórios a muitos chimpanzés, orangotangos, bugios, macacos-prego e até mesmo gorilas, nos anos negros da ditadura militar (com mais trocadilho ainda). Como todos sabem, os símios primatas apreciam muito o consumo de bananas in natura. Este hábito, muito saudável por sinal, pode ocasionar, por outro lado (também com trocadilho), lamentáveis acidentes. Já atendi a vários macacos, alguns até artistas de circo, entalados com o dourado fruto oblongo de consistência carnosa no sentido contrário da digestão. Em alguns casos em que o trauma é mais grave, o paciente pode ficar com sequelas definitivas como, por exemplo, a pregaplegia, que é a paralisia irreversível do pavilhão reto-furicular. De fora para dentro.

42

banner_arte_02