CRISE EXISTENCIAL

– E aí deputado, tudo bem?
– Mais ou menos, eu tive pensando numas coisas e…
– Eu também pensei. A gente podia lançar um partido novo e vender o apoio a…
– Não, não é nada disso. É que eu estou em crise.
– Com o governo?
– Não, comigo mesmo.
– Crise com você mesmo? Não estou entendendo.
– É, eu fico pensando, a gente aqui em Brasília só armando, só fazendo essas maracutaias, virando as costas pro povo…
– Ihhh! Que porra é essa?
– É… eu estou numa puta crise existencial, acho que isso que eu estou fazendo não tá certo…
– Caraca! O cara pirou! E aí o que você vai fazer?
– È , tô pensando em deixar Brasília. Isso aqui tá muito baixo astral, tá me fazendo muito mal…
– Então tu vai deixar o Congresso? E seus filhos vão abrir abrir mão dos cargos comissionados, sua mãe vai deixar aquele cargo no ministério, teu irmão sair dos conselhos das estatais?
– Claro que não! Tá maluco?
– Ué, mas você não disse que vai largar tudo?
– Quem falou em largar tudo? Eu disse que não venho mais a Brasília, mas a minha família não tem nada a ver com isso.
– Ué, e a tua crise existencial?
– A crise existencial é minha, não é da minha família! Fala sério!

banner_arte_02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *