CENA DE AÇÃO

Diálogo entre um casal de bandidos num filme ou série brasileira:
– Onde você vai?
– Vou sair.
– De ônibus?
– Não, vou de carro.
– Não, por favor, não entre nesse carro!
– Por quê? Qual é o problema com o meu carro?
– O problema é que é um carro velho.
– E daí? Você se interessa por carros?
– Não, mas eu sei que esse é um carro velho. Não é?
– É, é velhinho sim, é um Passat bem antigo, eu acho.
– Você não sabe?
– Não, eu roubei ele.
– Você é bandido, do mal, rouba pra viver mas na hora de roubar um carro o máximo que consegue é esse carro velho?
– Ele anda, pra mim basta. Qual é o problema?
– Tá na cara. O bandido sai de casa com um carro velho, o mocinho está a espreita no seu carro, ele vê o carro do bandido, começa uma perseguição…
– Tudo bem, eu sou bom no volante.
– Eu sei. Aí você percebe o carro te seguindo e consegue fugir. Os carros seguem numa cena de perseguição, curvas complicadas, cantadas de pneu, seu carro raspa em um ônibus, o carro do mocinho tira um fino de um caminhão, mas só tem um detalhe… o carro do mocinho é novinho, bacana pra caramba, os produtores conseguiram numa permuta e o seu…
– Um passat 98.
– Exatamente.
– Ahhh!
– Agora você entendeu , não é?
– Entendi. O meu carro velho é o que vai capotar , cair numa ribanceira e explodir.
– Claro! Ou você acha que eles tem verba pra explodir um carro bacana?
– Tá certo. Eu vou de ônibus. Obrigado.

banner_arte_02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *