banner_arte_02
banner_arte_02

Algumas questões sobre a eleição de domingo

eleicoes2016_betosilva_casseta

No Rio e em São Paulo não tem Lei Seca no domingo. Parece que chegaram a conclusão que para votar em certos candidatos só enchendo a cara de uca! De cara limpa não dá!

A urna eletrônica é super fácil de se usar. É que nem um caixa eletrônico, só que a grana não sai pra você, sai pro candidato que é eleito.

Quando você apertar as tecla com o número do seu candidato, vai aparecer uma foto de um sujeito completamente diferente do que você escolheu. Não se assuste, é ele mesmo, 20 anos mais novo. Nesse momento você não deve pensar muito, deve confirmar imediatamente o seu voto. Pesquisas comprovam que os eleitores que pensam mais de 3 segundos, desistem de votar naquele candidato.

Qual a diferença entre voto nulo e voto branco? Bom, depois de ouvir vários juristas, jornalistas políticos e especialistas diversos, a conclusão que tirei é que a única diferença é que o voto branco é feito numa tecla com a cor branca e o nulo digitando um número maluco qualquer.

Não é verdade que o voto em branco teve o seu nome mudado para voto NãoAfroDescendente.

Votar em certos candidatos , mesmo eles sendo ridículos , não é considerado voto nulo. Mas esses votos podem ser chamados de Voto Mulo!

É isso aí, agora pegue a sua cola, os seus documentos e bom voto!

85
ao todo.
banner_arte_02

Entrevista com candidato

entrevista-com-o-candidato_betosilva_casseta

Entrevista com um candidato a prefeitura de um município qualquer:

– Como o senhor vai tratar da questão da segurança?
– A falta de segurança em nossa cidade é um mal terrível, que atinge diretamente as famílias e tem que ser combatida. E essa luta será uma das prioridades do meu governo.
– Sim, mas como o senhor vai tratar a questão da segurança?
– Não se pode tratar dessa questão com medidas paliativas. É preciso ser competente, tomar decisões certeiras, ser eficaz e tratar esse problema como ele deve ser tratado.
– E como o senhor vai tratar a questão da segurança?
– As medidas que tem que ser tomadas não podem ser tímidas, a violência tem que ser atacada de qualquer maneira. E pode acreditar, eu vou arregaçar as mangas e trabalhar muito e fazer da luta pela segurança na nossa cidade uma tarefa diária.
– Ok, ok, já entendi! Mas como o senhor vai tratar a questão da segurança? Como?
– O aumento da violência é uma questão que o cidadão não aguenta mais. Como eu já disse, e não canso de repetir: É preciso encarar de frente essa situação e combatê-la com todas as forças. E isso eu vou fazer!
– Sim, mas como? Como? Eu perguntei co-mo! Como o senhor vai tratar a questão da segurança?
– A cada dia ouvimos mais notícias ruins sobre a insegurança e não dá mais para ficar quietos assistindo ao enorme aumento dessas estatísticas. É preciso encarar essa questão de uma vez por todas. Eu não tenho medo e pode anotar: comigo, a questão da segurança em nossa cidade não vai ser mais um problema!

Agora troque a palavra segurança por trânsito, saneamento, educação, falta de água….

20
ao todo.
banner_arte_02

Pavê

pave_betosilva_casseta

Cinco humoristas almoçam. Todos se divertem contando piadas uns aos outros. Então chega a hora da sobremesa e um dos humoristas, o anfitrião, vai até a cozinha, de onde traz um prato com um doce. Ele coloca a sobremesa no centro da mesa.

– O que é isso? – pergunta um dos humoristas.
– Um pavê.
– Ahhh. É pavê!

Os humoristas olham uns para os outros. O clima fica pesado, ninguém mais abre a boca. Não sabem o que fazer, silêncio total. Um dos humoristas de repente toma uma atitude.

– Preciso ir ao banheiro.

Ele sai e se tranca no banheiro.

– Eu tenho que fazer uma ligação – sacando o seu celular do bolso, outro humorista sai da sala e tranca-se num quarto.

Sobram 3 humoristas. Ninguém se serve, o ambiente é tenso. Um deles rompe o silêncio:

– É pavê ou… – Ele abre a boca, parece que vai falar mais alguma coisa, mas antes de o fazer, segue até a porta da rua, e vai embora correndo.

Estão em frente a sobremesa agora apenas o anfitrião e um humorista.

– Você não vai se servir? – Pergunta o anfitrião.

O outro humorista começa a suar… não sabe mais o que fazer, até que … sem aguentar mais grita:

– É pavê… – ele estanca a frase no meio, começa a suar frio. Logo toma coragem e continua – ou pra… – O humorista começa a tremer e então cai desmaiado no chão.

O anfitrião serve-se de um pedaço do doce, come com prazer e fala:

– É pra comer.

64
ao todo.
banner_arte_02
banner_arte_02

Olimpíadas que eu Rio – 15

olimpiadas-que-eu-rio_betosilva_casseta

20 DE AGOSTO

Isaquias é Rei! Sensacional o baiano. 3 medalhas que ninguém sabia que eram possíveis. Assim como a do salto com vara.

A Austrália discutindo o seu “fracasso” nas Olimpíadas. Parece que suas expectativas de medalhas vazaram, foram por água abaixo. Acho que agora quem precisa de encanador são eles.

Por falar em Austrália, um nadador australiano também andou aprontando na night e chegou a ameaçar dizer que foi assaltado. Foi punido pelos australianos e ficou quietinho. O que é que está acontecendo com os nadadores? Como são merdeiros! Será que é efeito do cloro?

Por falar em natação… Eu resolvi fazer uma conta: Se não contarmos as medalhas da natação, hoje os Estados Unidos estariam atrás da Grã-Bretanha no quadro de medalhas. É só uma conta.

Uma boa punição ao nadador americano era deixar ele voltar pros states a nado.

O futebol feminino decepcionou. Acho que nossa torcida pelas meninas era mais por revolta com o nosso futebol masculino, porque o time, depois de um começo promissor, parou de jogar bola.

Bolt é o cara! É brincalhão na conta certa, é marrento na conta certa, é sério na conta certa, é midiático na conta certa… E é veloz muito além da conta.


Todos os direitos de marcas pertencem aos seus respectivos donos.

1
ao todo.
banner_arte_02