banner_arte_02

É CARNAVAL, OBA! OBA?

carnaval1

Post de carnaval é que nem samba enredo, é sempre meio parecido! Por isso repito aqui um post de carnaval que já publiquei antes, mas que como todo mundo tá bebum nessa época do ano , ninguém lembra mais.
No carnaval as mina pira e o país pára!
É carnaval! Não adianta reclamar do bloco que passou devastando a sua rua, nem do trio elétrico que quase te deixou surdo. O negócio é curtir esses dias de folia ! Conheça agora algumas das principais figuras e instituições do Carnaval:
BLOCO DO TWITTER – Esse foliões ficam em casa, colocam um fundo musical de carnaval , vestem uma fantasia e ficam tuitando. Também conhecido como Block de carnaval.
BLOCO DO FACEBOOK – É o “Me cutuca que eu te curto”, o mais compartilhado do carnaval.
CERVEJA- A cerveja mais consumida no carnaval não é a Devassa nem a Brahma nem a Schin, é a Aquetiver. Aquetiver gelada… Aquetiver mais barata…
CRÍTICO DE CARNAVAL – São aqueles caras que se postam em frente a televisão na transmissão do desfile de carnaval e acham que sabem tudo, entendem tudo, e não admitem opinião contrária, porque leram uma matéria no jornal e agora se acham os maiores especialistas da terra.
DONO DE ABADÁ – Uma das pessoas mais queridas do carnaval, motivo de disputas e até de brigas para se conquistar a sua amizade. São aqueles caras que ganham abadás de blocos da Bahia, mas vão dar eles para alguém porque odeiam carnaval.
O SAUDOSISTA – Os caras que ficam repetindo o tempo todo que carnaval bom era antigamente, quando não tinha tanto comércio, quando os blocos eram pequenos, e principalmente quando eles ainda agüentavam sair pelos blocos enchendo a cara e pegando um monte de mulheres!
GALO DA MADRUGADA – É quando o cara chega do bloco bebum as 4 da manhã em casa , leva um tombo na cozinha e cai de cabeça na quina da mesa!
RAINHA DA BATERIA – Uma vez meu carro parou na estrada, a bateria dançou. Por sorte, na beira da estrada havia uma loja: rainha da bateria… foi o mais perto que já estive de uma…
E PRA FINALIZAR COMPLETE OS CLICHÊS DE CARNAVAL ABAIXO:
………… é o melhor carnaval de rua do Brasil ! (complete com o nome da sua cidade)
Um bloco de carnaval acaba de interditar a rua ……….. (complete com a rua do seu bairro)
O carnaval aqui em ………… não tem hora pra acabar! (complete com nome da cidade em que você está pulando o carnaval)
É isso aí! Vamos em frente que a festa aqui não tem hora pra acabar!

33
ao todo.
banner_arte_02

DESCULPA DE CARNAVAL

carnaval

– Onde o senhor estava?
– No trabalho, benzinho. Eu falei pra você que ia passar o carnaval todo enfurnado na empresa trabalhando.
– Mentira! Eu liguei pra lá e ninguém atendeu.
– A gente não tinha tempo nem pra atender telefone. Era muito trabalho.
– A gente quem?
– Eu e o Decio.
– Ele ficou trabalhando com você?
– Ficou. Pode ligar pra ele e confirmar.
– Eu vou ligar mesmo. Mas não vou ligar pra ele. Vou ligar pra mulher dele.

– E aí, ligou?
– Liguei. O Decio foi pego.
– Foi?
– E aceitou a delação premiada. Vai abrir o jogo todo.
– Que merda! Bom, já que ele vai me entregar mesmo, eu vou abrir o jogo: eu não fui trabalhar, fui pro bloco mesmo, enchi a cara…
– Meu Deus, eu não acredito. Sozinho?
– Não, com o Decio. Ele não foi pego pela mulher dele?
– Não. ele foi pego pela polícia. Estava envolvido no escândalo da Petrobras.
– Foi isso que a mulher dele falou?
– Foi.
– Caraca!
– E o senhor pode fazer as suas malas, seu safado! Eu quero o divórcio e vai ser caro, viu?
– Por que você quer se separar?
– Por quê? Você ainda pergunta por quê? Por causa das vagabundas!
– Que vagabundas?
– Que você pegou no bloco!
– Eu? Eu não estava no bloco não!
– Mas você confessou!
– Não. Eu estava com o Decio.
– Fazendo o quê?
– Ah, sei lá… roubando a Petrobras.

43
ao todo.
banner_arte_02
banner_arte_02

O CARNAVAL ACABOU. ACABOU?

todo-o-carnaval-tem-seu-fim

Parece que depois do desfile, os carnavalescos se reúnem secretamente e trocam as alegorias e fantasias entre eles. Aí eles esperam uns dois anos para colocar de novo a alegoria/fantasia em outra escola. Só pode ser porque eu sempre tenho a sensação de já ter visto aquilo antes.

Fúcsia é uma cor que só existe no carnaval.

Esquecendo os sambas-enredos desse ano em 3…2…1

Analisando o atual cancioneiro brasileiro, Anitta e Waleska Popozuda, vemos que o grande problema do Brasil, o que preocupa mesmo o país são as invejosas.

O carnaval acabou, agora vem aí semana santa, Copa do mundo e , é claro, o carnaval fora de época, que ninguém é de ferro! Expediente fora de época nem pensar!

Faltam menos de 100 dias para a Copa. Espero que a contagem seja mesmo regressiva, e não depressiva.

18
ao todo.
banner_arte_02

É CARNAVAL, OBA! OBA?

mascara

Post de carnaval é que nem samba enredo, é sempre meio parecido! Por isso repito aqui um post de carnaval que já publiquei antes, mas que como todo mundo tá bebum nessa época do ano , ninguém lembra mais.
No carnaval as mina pira e o país pára!
É carnaval! Não adianta reclamar do bloco que passou devastando a sua rua, nem do trio elétrico que quase te deixou surdo. O negócio é curtir esses dias de folia ! Conheça agora algumas das principais figuras e instituições do Carnaval:
BLOCO DO TWITTER – Esse foliões ficam em casa, colocam um fundo musical de carnaval , vestem uma fantasia e ficam tuitando. Também conhecido como Block de carnaval.
BLOCO DO FACEBOOK – É o “Me cutuca que eu te o curto”, o mais compartilhado do carnaval.
CERVEJA- A cerveja mais consumida no carnaval não é a Devassa nem a Brahma nem a Schin, é a Aquetiver. Aquetiver gelada… Aquetiver mais barata…
CRÍTICO DE CARNAVAL – São aqueles caras que se postam em frente a televisão na transmissão do desfile de carnaval e acham que sabem tudo, entendem tudo, e não admitem opinião contrária, porque leram uma matéria no jornal e agora se acham os maiores especialistas da terra.
DONO DE ABADÁ – Uma das pessoas mais queridas do carnaval, motivo de disputas e até de brigas para se conquistar a sua amizade. São aqueles caras que ganham abadás de blocos da Bahia, mas vão dar eles para alguém porque odeiam carnaval.
O SAUDOSISTA – Os caras que ficam repetindo o tempo todo que carnaval bom era antigamente, quando não tinha tanto comércio, quando os blocos eram pequenos, e principalmente quando eles ainda agüentavam sair pelos blocos enchendo a cara e pegando um monte de mulheres!
GALO DA MADRUGADA – É quando o cara chega do bloco bebum as 4 da manhã em casa , leva um tombo na cozinha e cai de cabeça na quina da mesa!
RAINHA DA BATERIA – Uma vez meu carro parou na estrada, a bateria dançou. Por sorte, na beira da estrada havia uma loja: rainha da bateria… foi o mais perto que já estive de uma…

E PRA FINALIZAR COMPLETE OS CLICHÊS DE CARNAVAL ABAIXO:
………… é o melhor carnaval de rua do Brasil ! (complete com o nome da sua cidade)
Um bloco de carnaval acaba de interditar a rua ……….. (complete com a rua do seu bairro)
O carnaval aqui em ………… não tem hora pra acabar! (complete com nome da cidade em que você está pulando o carnaval)

É isso aí! Vamos em frente que a festa aqui não tem hora pra acabar!

7
ao todo.
banner_arte_02

UMA HISTÓRIA DE CARNAVAL

mascara

Com os preços dos pacotes turísticos nas alturas , o jovem casal resolveu passar o carnaval em casa, no Rio.
– Você quer sair em algum bloco?
– Não, benzinho, eu prefiro ficar aqui em casa com você.
– Eu também, amor! – o rapaz concordou e os dois se beijaram ternamente.
O casal passou o sábado de carnaval em casa , vendo TV. No domingo de manhã, o rapaz acordou cedo e resolveu fazer uma surpresa para a mulherzinha. Saiu de casa para comprar um café da manhã especial para os dois. Deixou um bilhete , dizendo que voltava logo. O que ele não sabia era que, exatamente naquele instante, um bloco passava bem em frente do seu prédio. O rapaz resolveu arriscar assim mesmo. Saiu andando pelo cantinho, se desviando dos foliões. De vez em quando algum folião mais animado se aproximava e tentava levá-lo para dentro do bloco , mas ele explicava a sua condição de não folião. Quando já estava chegando na padaria, o rapaz sentiu duas mãos na cintura. Tentou se desvencilhar, mas o dono das mãos o empurrava para frente. Só quando olhou para trás para ver quem era a pessoa que o empurrava, se deu conta de que ele era a locomotiva de um trenzinho de rapazes e moças animadíssimos , que seguiu em velocidade para dentro do bloco. Não adiantou ele gritar que não estava no bloco, esbravejar sua condição de não-folião, o trenzinho saiu arrastando o coitado. Depois de algum tempo, o não-folião conseguiu finalmente dar uma guinada e se libertar do trenzinho , mas com a velocidade em que vinha , acabou sendo jogado em cima de três travestis, que o acolheram. Os travecos acharam que ele era alguma espécie de prêmio e o trataram com muito carinho. Encheram o rapaz de beijos, deixando-o cheio de marcas de batom. Quatro rapazes sem camisa viram o espetáculo e livraram o não-folião do assédio dos travestis. Um dos rapazes colocou um funil em sua boca e outro rapaz despejou uma garrafa de vodca
– Bebe! Bebe pra esquecer!
Depois de consumir quase meio litro da garrafa o não-folião conseguiu se livrar do funil e cuspir uma boa quantidade da bebida. Os rapazes consideraram uma falta de educação, afinal estavam oferecendo bebida de graça e o largaram no chão. Uma moça muito bonitinha ficou com dó dele e o acudiu, levantou o rapaz e deu uma água para ele beber. Logo o namorado ciumento da moça , um brutamontes que estava procurando por ela desde a concentração do bloco a encontrou. E achou que o não-folião era a causa do sumiço da namorada. O não-folião ficou assistindo uma discussão entre os namorados. A mocinha muito bonitinha não deixava o namorado bater no não-folião, mas isso não durou muito tempo, pois logo um amigo do grandalhão ciumento, num ato de solidariedade masculina , soltou um direto na boca do não-folião que caiu estatelado no chão. Logo foi acudido por um senhor cabeludo fantasiado de Carmen Miranda, que no intuito de estancar o sangue que saia do nariz do não-folião, tacou uma toalha em seu nariz. O não-folião ficou meio zonzo , conseguiu afastar a toalha do nariz e perguntou:
– O que tem nessa toalha? Álcool?
– Tem álcool também! É cheirinho da loló.
Completamente zureta o não-folião conseguiu se levantar e afastar o Carmen Miranda que insistia em lhe dar mais cheirinho da loló. O não folião, apesar de completamente torto, conseguiu se arrastar de volta para casa. Afora o celular que foi roubado no caminho, mais nada aconteceu a ele, que finalmente chegou em casa. Procurou pelas chaves da portaria, que obviamente ficaram pelo caminho. Tocou o interfone , mas a mulherzinha não atendeu. Ele insistiu por mais uns dez minutos , mas nada. Quando já estava ficando preocupado, eis que surge a sua mulherzinha vindo de dentro do bloco. Ela parecia mais para lá do que pra cá, com as roupas amarfanhadas , o sutiã amarrado na cabeça e apenas um sapato no pé. Enfim, a amada estava num estado muito parecido com o do não folião.
– Você estava demorando e eu fui atrás de você – ela disse.
Ele achou melhor não perguntar o que aconteceu com ela e ela também não perguntou nada a ele. Passaram o resto da tarde vendo DVDs em casa.

19
ao todo.
banner_arte_02