banner_arte_02

E DEU OS ALEMÃO

Venceu a Alemanha, merecidamente. Foi o melhor time da Copa e levou a taça. Mas o jogo foi duro, lá e cá. No jogo do “se”, se o Messi tivesse feito o gol, se o Palácio , se o Higuain… mas também se a bola não batesse na trave no final do primeiro tempo… O Gotze não deu bola pro “se” , meteu um golaço e deu Alemanha. Futebol não tem se.

Os caras da FIFA não sabiam pra quem dar o prêmio de melhor jogador da Copa. “Ah, então dá pro Messi, quem é que vai reclamar de mais um prêmio pro Messi?” Mas o Messi não mereceu. Só ficou mais forte a crença de que Copa das Confederações e O Melhor Jogador da Copa são os Prêmios Mick Jagger do futebol. Quem ganha não leva a Copa.

Pra mim o melhor jogador da Copa mesmo foi o Tião. BasTião Shveinsteiger.

Uma curiosidade: Depois do jogo de ontem dona Lúcia não mandou cartinha, mandou uma mensagem pelo celular. foram só 4 letras: vtnc

banner_arte_02

VAI TORCER PRA QUEM?

Meu primeiro pensamento foi : vou torcer para a Argentina. Qual é o problema? Os caras são nossos vizinhos, hermanos sul-americanos, latinos como a gente, solidariedade continental, pensamento sem preconceito, motivos assim. Mas aí passei por Copacabana e um Hermano sul-americano de camisa azul clara e branca ficou fazendo o sinal de “sete” com os dedos, sacaneando todos os brasileiros ao seu redor e eu mudei de ideia.
Vou torcer para a Alemanha, afinal é o time de melhor futebol . Aí ouvi os caras dizendo que sentiram pena da gente, que fizeram um pacto no vestiário para nos poupar, ora vai sentir pena da mamãezinha! Não vou torcer pra esses caras não!
Voltei a pensar em torcer para os argentinos , mas aí vi a coletiva de dois dos jogadores argentinos, e quando perguntaram a eles o que achavam de o Neymar ter dito que ia torcer para a Argentina, os caras responderam cheios de empáfia, que não estavam nem aí, que estavam cagando , que só se importavam com a torcida dos argentinos. Ora, então eu também não vou torcer pra eles!
Voltei a torcer para a Alemanha. Então revi os gols da partida. Sete gols, os caras fazendo um gol atrás do outro , como se fosse um processo industrial perfeito de construção de goleadas. E em cima da gente! Não posso torcer para quem acabou de me encher de porrada.
Passei a torcer para a Argentina de novo. Então passei pelo acampamento argentino no Terreirão do samba. Trocentas barracas entulhadas de argentinos. E fiquei pensando que são esperados cem mil argentinos no Rio de janeiro para o jogo de domingo. Cem mil cabeludos fazendo sinal de sete com os dedos para a gente! Fala sério! Não dá pra torcer pra esses caras.
Voltei a torcer para a Alemanha. Então lembrei das cores da camisa que os caras usaram contra o Brasil. Um marqueteiro de quinta , num puxa-saquismo de baixo-nível inventou uma camisa rubro-negra para a Alemanha. Não dá para um tricolor como eu torcer para uma camisa destas.
Enchi o saco de escolher. Não vou torcer para ninguém! Quero mais que o jogo seja zero a zero e que os dois times fiquem batendo pênaltis até o final dos tempos!

banner_arte_02