banner_arte_02

O mundo não é a sua timeline!

O block nas redes sociais é muito bem-vindo. Às vezes não há medida melhor a tomar do que despachar de vez a mala de sua timeline com um block em sua cara.

O block no Face, no Twitter , até no GooglePlus pode ser libertador, em todos os sentidos. Bloquear pessoas tem todas essas vantagens, mas apenas nas redes sociais! Na vida real não rola! Porque a vida real não é a sua timeline!

Você não pode controlar a vida como tenta fazer com o seu face. O cara que discorda radicalmente de você, pode ser banido do seu Facebook, expulso do seu Twitter, excomungado do seu Instagram, mas na vida real ele continua a ter o direito de expressar a opinião dele, apesar da sua discordância radical. É assim que a democracia funciona, todos tem o direito a expressar a sua opinião, e se você não gosta, simplesmente saia dali, não frequente os mesmo lugares, ou discuta com o cara, argumente ou até fique quieto na sua, puto da vida, mas não dá para pedir a proibição, não dá para pedir para fechar a boca do cara, não dá para pedir censura.

É assim mesmo, a vida real não é molezinha não, ela não é o seu Facebook!

banner_arte_02

REENCONTRO

O cara encontrou o velho amigo e ficou até sem jeito de cumprimentar, mas para seu alívio, o amigo lhe deu um abraço.
– Fala, garoto!
– Beleza? – o cara retribuiu o abraço – que bom te encontrar. Eu fiquei meio preocupado, achei que você não ia falar comigo por que…
– Porque você me bloqueou no Face.
– É… Você percebeu , né?
– Claro! Quer saber? Eu também te bloqueei.
– Eu imaginei. Cara, eu mal te reconheci no face, achei que era fake. Como você é mala no face, com as suas opiniões ultra-esquerdistas e…
– Você que é um reacionário do cacete no Facebook.
– Reacionário? Tu acha mesmo que eu sou um coxinha fascista? Foi isso que você escreveu no comentário do meu post. Você me conhece, tu acha mesmo que eu sou fascista?
– Aqui ao vivo não, mas no Facebook você é muito fascista, apoia o Bolsonaro!
– Eu não apoio o Bolsonaro! De onde você tirou isso?
– Conclui, pelas suas postagens no Facebook!
– Concluiu errado. E você? Apoiando o PT, defendendo a Dilma. Você andou metido em alguma falcatrua na Petrobras? Levou algum pixuleco?
– Claro que não! Você me conhece. Você acha que eu faria isso?
– Acho que não… sei lá… pelas suas postagens no Face…
– Não me meti em nada! Nunca fui do governo.
– Bom, então foi muito bom te reencontrar aqui, fora da internet, e ver que a gente ainda pode se entender.
– Foi bom mesmo se encontrar. Só assim a gente consegue se acertar.
– Posso te dizer uma coisa: você é muita mais gente boa ao vivo.
– Você também!
– E no Face?
-Acho melhor a gente continuar bloqueando um ao outro.
Os dois se abraçaram.
– Valeu, coxinha!
– Tchau, pixuleco!

banner_arte_02