Depois de se revelar um dos maiores problemas que afligem o homem e contemporâneo, o estresse vem cada vez mais preocupando os médicos, psicólogos e terapeutas, que passam noites sem dormir, aflitos e nervosíssimos, tentando achar uma solução para esse mal.
Vários estudiosos do estresse já tiveram suas vidas destruídas, seus lares desfeitos e sua carreira profissional arruinada porque não souberam transar com o estresse, esse desconhecido, numa boa.

O QUE É O ESTRESSE

O que temos que ter claro em nossa mente antes de começar a arrancar os cabelos é que não adianta lutar contra o estresse. O estresse faz parte de nós, assim como a sede, a fome e a vontade de estrangular o vizinho. Pesquisas recentes indicam que um feto intra-uteríno de 2 meses já apresenta sinais de estresse, transmitindo essa ansiedade para a mãe, que, histérica, jogará a culpa em seu marido, que não ajuda em casa. Este, por sua vez, sofrendo uma pressão insuportável, descontará xingando o cachorro e chutando a sogra. O importante é saber fazer do estresse nosso aliado. Convivendo com ele numa boa, você conseguirá se relacionar melhor com as pessoas que você odeia e realizar de maneira mais eficiente as tarefas que você detesta.

O QUE CAUSA O ESTRESSE

Existem algumas situações comuns na vida cotidiana que podem provocar o estresse. Por exemplo:

1) A crise momentânea pela qual passa o país desde 1534.
2) Ser torcedor do Botafogo.
3) O nervosismo e a insegurança causados por não sabermos se no fim da novela Ivan
vai Ficar com Raquel ou com Pollyanna.
4) Tudo.

OS SINTOMAS DO ESTRESSE

E fácil perceber se você é mais uma vítima do estresse. A humanidade se divide em dois grandes grupos: aqueles que apresentam sintomas de AIDS e os que apresentam sintomas de estresse. Observe bem os seus sintomas e espere alguns anos. Se você não morrer, parabéns! Você é um estressado!

COMO REDUZIR O ESTRESSE

Se você viveu o rompimento traumático de um relacionamento amoroso, está desempregado, foi despejado do seu apartamento, está com o nome sujo no SPC, sofre de caspa, impotência e os cachorros mijam na sua perna, não se desespere. Há muitas maneiras de se eliminar ou reduzir o seu nível de estresse. As mais eficazes são as técnicas de relaxamento. No início, você passa a não tomar banho todo dia. Numa segunda etapa, você não troca mais a roupa do corpo e deixa de fazer a barba. Daí para deixar de limpar o rabo depois de cagar é um passo. Em pouco tempo você estará totalmente relaxado.
Existem outras técnicas que também dão bons resultados, como a meditação, o autocontrole, o tai chi chuan e o box taílandês. A sabedoria oriental cada vez mais vem ajudando executivos e homens de negócios a lidar com situações de extrema pressão, quebrando 40 telhas com a testa, aliviando suas tensões e obtendo melhores rendimentos na bilheteria do circo.

ALGUMAS DICAS

• Aproveite melhor seu tempo, já que você está desempregado.
• Beba menos e só vomite socialmente.
• Não dê valor excessivo ao dinheiro, já que ele não vale nada mesmo.
• Relaxe, aproveite a não dê tanta importância: trabalho. Arrume um emprego público.
• Adquira hábitos mais saudáveis, como correr dos credores toda manhã.
• Procure se alimentar com produtos naturais e básicos, como a água, o ar e a terra
• Dedique-se um pouco a você mesmo. Leve você cinema. Depois, a uma boate e, quem sabe, fim da noite, leve você um motel e foda-se.

Publicado no jornal Planeta Diário, N° 45. Outubro de 1988.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here