Comemorando nossa 24ª edição, vamos homenagear a bicharada, mas sem viadagem e sem frescura. A viadagem tem corrido solta nos últimos anos, mas ultimamente tem corrido mesmo pra soltar o ânus. Eles se reuniram, se organizaram e botaram as manguinhas de fora. São manguinhas rendadas, cheias de frufrus e babados porque viado se amarra num babado. Agora os gays estão organizando uma olimpíada só deles e nós resolvemos dar uma mãozinha.

Aqui vão nossas sugestões de modalidades para essa competição que segue o ideal olímpico do grande Barão de Cu-abertão: “O importante não é ganhar, o importante não é competir, o importante é chegar linda, maravilhosa e ar-ra-sar!”

SALTO NA VARA

2Um dos esportes mais disputados na olimpíada gay. Trata-se de uma modalidade muito perigosa, que pode causar sérias contusões, principalmente se não for utilizada uma boa vaselina.

NADO DE PEITO COM SILICONE

3O nado de peito com silicone é realizado de costas. Afinal, sempre pode rolar uma manjuba, um namorado ou, na sorte das sortes, um enorme pacu.

BOFE TAILANDÊS

4Parente distante do boxe tailandês, o bofe tailandês é muito mais forte, viril, tem um tórax bem mais definido, olhos amendoados… enfim, é um gato. Com um bofe desses, os atletas beijam a lona, beijam a nuca e mais o que ele pedir. Aaaahhhh!!!

SALTO 7,5 EM DISTÂNCIA

5Esporte muito elegante e requintado. Muito pior do que não ganhar uma medalha é quebrar. O salto daqueles sapatos lindos e carésimos.

PAUTEROFILISMO

6Viado levanta qualquer peso, até mesmo um peso morto. Malhar um ferra é com ele mesmo. O treinamento é feito com pauteres dos mais variados pesos, mas nunca menores que 20 centímetros.

FUTEBOL DE SALÃO

7O futebol é um esporte muito violento e rude. Os jogadores ficam todos suados, despenteados, um lixo. Por que não jogar futebol dentro de um salão de cabeleireiro? Ali o atleta esquisitão pode fazer um cabelo após a cabeçada, fazer a unha para bater um lateral mais vistoso e fazer uma depilação no final de cada pelada.

JADÔ

8Esporte milenar gay japonês, fundado pelo famoso samurai Yoshido Mamavara. Mamavara inventou também o Eukidô e o Kendô-sou-eu-e-ninguém-em-nada-a-ver-com-isso. No Jadô, o iniciante recebe a faixa rosa choque e o mestre utiliza a tradicional faixa freta, mas só à noite, para combinar com seu scarpin.

GINÁSTICA DE COLO

9Depois de tanto esforço, tanto suor, tanta correria, o atleta gay precisa mesmo é de algum garotão que lhe diga: “quero te pegar no colo, te deitar no solo e manter um relacionamento maduro e sem preconceitos entre duas pessoas que já fizeram sua opção de sexualidade”. Em pouco tempo ele já está novinho em folha. Afinal, nada como um gay atrás do outro.

BOQUETEBOL

10Esse esporte é praticado com duas bolas e um taco. O momento máximo da partida é a consagrada enterrada.

PÊNIS DE MESA

11É igual ao pênis de quadra, só que muito menor. Que pena.

ARREMESSO DE DISCO DO EDSON CORDEIRO

12Prova que veio substituir a antiga modalidade de arremesso de disco do Cauby Peixoto.


Publicado originalmente na Revista Casseta & Planeta, nº 24. De 1995.

O dito nesta publicação reflete a pensamentos de outrora e NÃO CONDIZ com o pensamento atual de seus autores.

Ilustração: Adão Iturrusgarai

483
ao todo.

Deixe seu comentário: