O JANGO DE XOXOTA

Na Brazucolândia é sempre a mesma história: a farsa se repete como… farsa.

Qual um Jango com (suposta) xoxota, o poste reeleito vai tentar, de novo, tirar de vítima, se fingir de acuada contra as “forças do atraso” e , no desespero, fazer de tudo para escapar do destino manifesto da própria mediocridade amoral e incompetente. A ideia é se metamorfosear do papel de maior expoente do arcaísmo getuLulista, para ser protagonista do velho jogo do “Nós X Eles”. Deixando claro que do “lado de lá” está a escrotidão mais corrupta, perniciosa e persistente.
E do outro também.

P.S: na “primeira” vez (lá pros idos de 63), a “tática” deu em merda, sem aspas. Desta vez… provavelmente, idem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *