Cheguemo !!!!

Hoje, 4 de abril, cheguei em Londres. Hoje, também é (seria) o dia do aniversário do “velho Dalmo”, grande figura, cozinheiro, pai, fanfarrão, sábio… um cara que não era só baiano… ele era a Bahia. Dalmo se foi há quase 4 anos, na sequência das minhas “3 grandes mortes”(Bussunda, Mauro, meu irmão brutalmente assassinado, e ele)… 4 de abril também foi o dia da estreia do TV Pirata, há 25 anos atrás… Mas estou aqui, espero, não pra falar de fins, mas de recomeços.

Cheguei (chegamos) hoje. Mais frio que esperávamos   (incluindo o Weather Chanel, que também previu algo mais caliente), com a chuvinha de sempre e uma leve neve inesperada. O apê é bem legal, a vizinhança também. Muitos lugares de comer, comida do mundo todo, numa cidade que não tem (teria) tradição gastronômica, mas sabe se abrir pra quem tem.

Primeiras impressões ? Ainda é cedo…Choque cultural? Sair da vergonha do Galeão e desembarcar em Heathrow. Duas cidades, uma sede da última Olimpíada… a outra, da próxima… as diferenças? Caramba! Como gostamos de perder tempo perdendo tempo. Por que La Presidenta, que se diz gerentona, não providenciou licitações, privatizações, etc ? Ah, claro ! Somos contra privatizar.  Mesmo que as únicas coisas que funcionam no Brasil foram as que escaparam da mãos  do Estado. Mas e daí? Somos exóticos, somos diferentes, mesmo não funcionando.

Mas chega de  falar daí… tô longe e quero curtir essa distância. Aqui é pausa, reflexão, experiência… apenas o primeiro dia de uma série de muitos…  vamos ver no que vai dar…. Afinal, como dizia aquele outro velho baiano: ‘I’m (not) lonely in London, London is lovely so… I cross the streets without fear… Everybody keeps the way clear… I know I know no one here to say hello… I know they keep the way clear…I am lonely in London without fear…I’m wandering round and round, nowhere to go…”