À PROCURA DA TUITADA PERFEITA

qual_celular_escolher_shutterstock_89533552

– E aí, vamos ver o D2 lá no Circo Voador?

– Pô, não vai dar. Meu celular tá quebrado.

– Ah, e tua mãe não deixa você sair sem telefone…

– Não é isso. É que sem celular, não tenho como tuitar do show. Aí nem vale ir.

– Por quê?

– Se ninguém souber que eu fui, o que eu vou fazer lá?

– E quem precisa saber onde você está? Por acaso tá na condicional?

– Meus seguidores. Eles ficam ansiosos.

– Eles ou você?

– Os dois.

– Dois?

– É, meus dois seguidores.

– Dois seguidores? E quem são, tua mãe e quem mais?

– Um anônimo. Ele me segue e eu sigo ele.

– E quantos seguidores ele tem?

– Só um. Eu. Tô desconfiado de que é um famoso com perfil fake. Só tem um seguidor pra manter a privacidade.

– Mas pra manter a privacidade não seria melhor não ter twitter?

– Ou ter um perfil fake…

– E vai seguir só você por quê?

– Sei lá, esses famosos são cheios de manias estranhas.

– Peraí, tu vai perder o show do D2 no Circo porque não pode tuitar pra um seguidor? Vamos fazer o seguinte. Quando quiser tuitar, eu te empresto o meu celular.

– Fechado.

Chegando ao Circo.

– Me empresta teu celular?

– Toma.

Puxa rapidamente o aparelho da mão do amigo e digita, como um recém-saído de uma crise de abstinência: “Chegando no circo. Mó muvuca! kkkkk”

– Cabô de tuitar? Então me devolve.

– Vamo fazer diferente: eu fico com teu celular, quando você precisar falar, te empresto.

– Porra, vê se não detona toda a bateria!

– Não tem bateria extra? Que vacilo…

O show começa. O tuiteiro baixa a cabeça e começa a teclar.

– Ei, você tá perdendo o show.

– Por isso que tô tuitando, ó: “Ainda não sei o que tô achando do show”.

– Mas seu seguidor precisa saber que você não sabe o que acha? Quer saber? Vou ali comprar uma cerveja. Tá a fim?

– E como eu seguro a lata? Não tenho três mãos, não!

O dono do celular toma a cerveja e volta.

– E aí?

– Hã?

– Vai ficar nessa a noite toda? Tá cheio de mina na área. Larga esse troço, vamo dar um rolé.

– E perder o show?

– Me dá o meu celular, deixa eu ver o que você tanto escreve aí… Ué, tu tá metendo o pau no show do D2?

– É o papo.

– Como “é o papo”? Vai dizer que não tá curtindo?

– Tô. Mas sabe como é twitter.  Se eu não falar mal, o cara me dá unfollow…

59
ao todo.

1 Comentário

  1. Mto bom o seu texto… e totalmente pertinente. Eu passei um tempo sem ir a shows e depois fui ano passado… as pessoas nao curtem mais o momento… deixam de vive-lo para publicar na internet.

Deixe uma resposta