SEXO NA SELEÇÃO

No salão da Granja Comari, um jogador se mantinha alheio à zona geral. Felipão olhou o sujeito lá no fundo e ficou orgulhoso. “Meu afilhado está concentrado, já pensando na Croácia”- comentou com o Murtosa. Dois parceiros também perceberam o boleiro isolado mas acharam estranho. Um deles resolveu saber qual o problema.

–     Que é que tá pegando, meu irmão? Pensando na vaga de titular?

–    Não é nada disso. – o jogador rompeu o silêncio. – Tô há dias pensando nas palavras do professor.

–    Calma, rapá! O Felipão ainda não deu nenhuma instrução e você já quer obedecer? Deixa o homem falar primeiro.

–    Ele já passou a mensagem mais importante dessa Copa. Você não acompanha os jornais?-    Claro! Eu sempre leio os classificados pra ver preço de apartamento,  carro e puta.

–    Então não viu essa notícia aqui, ó?

Ele tira do bolso um recorte com a notícia: “Felipão libera sexo normal na seleção”.

–    Qual é o problema? O professor fala que vai liberar o sexo e tu fica com essa cara? Não tô te entendendo.

–    Não leu até o fim? Olha aqui, ele tá dizendo que vai liberar o sexo normal.

–    Então, normal! Depois do treino a gente chama as primas e arma aquela baguncinha. Normal!

–    Aí é que tá, rapá. Normal pra ele não é isso. É tipo papai-mamãe e só com a esposa ou a namorada.

–    E quem for solteiro?

–    Aí deve ficar na mão.

–    Tá de sacanagem! Claro que não é isso.

–    Claro que é! Senão nem virava notícia.

–    Papai-mamãe? E com a própria mulher? Então só tá liberado pros evangélicos.

–    Isso que me preocupa. Ele não quer que a gente se desgaste.

–    Ah, peraí! Sexo sem se desgastar? Sem partir pra dentro? Em sexo não tem jogo-treino, todas as partidas são válidas pelo campeonato.

–    E nada de atuar em bloco. Tem que ser marcação individual, no mano a mano.

–    Oi?

–    Não, peraí, me expressei mal. Só queria dizer que suruba não tá liberada.

–    Nem uma surubinha só com os mais íntimos? Esse cara quer levar a gente à loucura! Esse negócio de ficar no quarto com uma mulezinha só é muito sem graça. E depois, como é faz? Vai conversar com quem? Vai tirar onda de quem?

–    É por isso que eu tô preocupado.

–    Isso é muito grave! E se eu disser que sou casado com três?

–    Não sei, mas acho que vão ter que revezar.

–    Não é possível! Eu não topei vir pra Copa pra ficar nessa palhaçada! Já tinha contactado um pessoal de primeira, trouxe uns brinquedinhos maneiros lá da Europa, algema, chicote, mordaça…só ia pegar leve no viagra por causa do anti-doping.

–    Pode esquecer tudo isso.

O outro amarrou a cara, indignado. Pouco depois, baixa o tom de voz:

–    Você leu aí se o fio terra também tá proibido? Não é por mim não mas é que tem gente que vai sentir falta…

–    Aí eu já não sei. Melhor perguntar direto pro Felipão.

–    Deixa pra lá. Topa um poquerzinho?

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *