O ÚLTIMO A SABER

O brasileiro está encantado com o Mundial. Mas, qual um marido corno, se sentiu traído várias vezes. A primeira foi quando anunciaram que sediaríamos a Copa. O povão achou que nunca tinha ido aos jogos do Mundial porque aconteciam longe. Não é bem assim. O povo popular nunca foi à Copa porque não é para o seu bico. Nem aqui nem em lugar nenhum. Os ingressos são caros, as viagens são custosas. As autoridades sabiam disso, mas acharam melhor deixar a ilusão no ar.

A segunda decepção foi quando a Copa começou. Ao contrário do que se previa, está dando tudo certo. Os estádios acolheram os jogos, os aeroportos deram poucos pitis, os turistas e os jogadores estão amarradões no Brasil. Quem torcia contra se deu mal.

A terceira decepção aconteceu no último jogo. O Chile não se conformou ao tomar o gol e resolveu partir pra cima da gente. Mas não estava tudo combinado? Não avisaram pra eles que essa Copa era nossa? Assim não é possível! Levamos um susto que desestabilizou o emocional dos jogadores.

E vamos parar de chamar a seleção de família Scolari!  Família junta nunca se entende por mais de uma semana. Quem passou as férias com parentes numa casa em Iguabinha sabe disso. Além disso, o “paizão” não tem como se impor sobre esses “filhos”. Se fizerem besteira, Felipão não pode dar uma surra de cinto neles, nem tem como cortar a mesada.

Felizmente, tudo agora está sob controle. Tá todo mundo sabendo que a Colômbia não vai dar moleza. Embora, como já disse, eles fizeram história ao chegar às quartas. Portanto, vão gostar mais de perder esse jogo do que nós. Pra ganhar essa Copa, os jogadores terão que jogar tudo que sabem, manter a cabeça no lugar e ter uma liderança dentro de campo.

Por isso proponho que o Luís Gustavo seja substituído pela psicóloga Regina Brandão.

2 Comentários

  1. Helio,

    Sim, e Marta para capitão. A rapaziada precisa de uma referência masculina na família, já que Felipão é a referência gaúcha. ;p

  2. itamar Cardoso   •  

    A vaca o melhor jogador do Tabajara FC. Que saudade. Porque as coisas boas acabam? Volta Caceta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *