ÚLTIMA CHAMADA. OU MELHOR, PRIMEIRA…

Os espanhóis são um povo a frente do seu tempo. Detestam enfrentar filas e tumultos. Por isso, resolveram voltar mais cedo pra casa. Estão prevendo um tumulto tremendo nos aeroportos brasileiros. Retornando para a Europa esta semana, ainda conseguem promoções incríveis nas passagens.

Agora, se você está procurando ingressos para a Copa, a boa é ir para cedo para o aeroporto do Galeão. Centenas de espanhóis estão embarcando e deixando pra trás muitos assentos vazios nos estádios. Eles compraram pacotes com bilhetes até a final e só assistiram a dois jogos. Tomaram sete gols, só fizeram um. No ping pong, 7 a 1 é capote. Em Copa do Mundo também. Quem quiser reforçar seus times para o Brasileirão, melhor dar uma olhada no e-bay ou no mercado livre. Deve ter oferta de jogador  espanhola preço de banana. Mas evite comprar o goleiro. Esse tá mais vazado que nonagenário sem fralda geriátrica. Obrigado pela força, Chile!

A Austrália jogou como nunca. E perdeu como sempre. O jogo contra a Holanda começou anunciando uma surpresa. Tomaram o primeiro, mas logo reagiram com um golaço. Em seguida, viraram com um pênalti maroto. Estava se desenhando não uma zebra, e sim um ornitorrinco. Mas a alegria dos Crocodilos Dundees durou pouco. A Holanda mostrou por que é uma das candidatas ao título. Na segunda-feira, Austrália x Espanha vai ser um casados e solteiros, um com camisa contra sem camisa. Talvez misturem os times e batam uma animada pelada. E pra que ocupar uma Arena Fifa? Essa pelada pode ser disputada num campinho do Aterro do Flamengo.

Assassinaram os Camarões. Assim começou a tragédia afriacana dessa Copa. Os africanos têm ginga, malemolência, muitos até jogam na Europa. Mas quando se reúnem na aldeia para formar suas seleções, o instinto naife fala mais alto. Não tem jeito. Como é que o sujeito, vendo seu time perdendo para a Croácia, deixa o sangue subir e enfia a raquete no croaciano? Expulso, Song deixa sua equipe com um a menos em campo – já tinha um gol a menos no placar! Camarões já não contava com Eto’o que, contundido, assistia do banco o vexame. O goleiro aproveitou para guardar diversos frangos que pretende levar para amigos e parentes do seu pobre país.

Nesta quinta, o principal jogo é entre o Uruguai e a Inglaterra. O país que inventou o futebol enfrenta o primeiro a conquistar uma Copa do Mundo. É o jogo dos desesperados. Vamos ver quem ainda lembra como se joga futebol. O jogo é no Itaquerão. Tudo a ver: no estádio inacabado, dois times brigam para provar quem ainda não está acabado.

Resumindo: Espanha, Austrália e Camarões se juntam aos manifestantes mascarados e gritam: Não vai ter mais Copa!

TOURADA NO MARACA

Você não aguenta mais ler sobre isso, está cansado de ouvir a respeito. Não importa, vou escrever assim mesmo.

Tive o privilégio de estar entre os 73 mil presentes ao Maraca. Eu  e meu caçula Tonico, 9 anos. Foi a maior contribuição que pude dar à sua formação de brasileiro e amante do futebol. Ver o moleque gritando “O campeão voltou!” ficou marcado como um dos momentos credicard da vida – não teve preço. Segundo meu guri, “foi épico!”.  Levei um susto quando ele definiu o jogo dessa forma. “Quem te ensinou a falar assim , garoto?” – reagi surpreso, enquanto o encorajava a gritar: “Ei juiz, vai t#$%omar no c%&@u!”

Vitória irretocável. Nas previsões e apostas, o Brasil poderia ganhar por um placar apertado, num jogo duro. Ninguém imaginava que a Espanha fosse parecer um Taiti. A torcida brazuca mostrou que o Maraca é nosso e zoou com o espanhóis: “Timinho, timinho!”.

A seleção inteira apresentou um futebol irretocável. Felipão deu um baile no seu irmão gêmeo, o relojoeiro Vicente del Bosque que não conseguiu acertar o tic-tac espanhol. Julio César fez algumas pontes tão bonitas quanto a arquitetura do novo estádio. David Luiz marcou um golaço tirando aquela bola em cima da linha. Fred mostrou a diferença que faz um centroavante especialista no assunto. E Neymar calou a boca dos que dizem que ele só faz cair. Ele sabe fazer gol, dar corta-luz, sair do impedimento e namorar a Bruna Marquezine. Mesmo o Hulk não deu motivos pra críticas. E olha que eu prefiro o bundão da Valeska Popozuda!

Agora vamos aguardar o ano que vem e mostrar que quem ganha a Copa das Confederações no Maraca pode muito bem faturar o Copa do Mundo no mesmo estádio. Essa é a superstição que tá valendo!