O maior remador do mundo. Do mundo, não! Da Bahia!

Isaquias tirou onda nessa Olimpíada e fez História sem pedir licença: é o primeiro atleta brasileiro a ganhar três medalhas numa única edição dos Jogos!

Ganhou tanto em curta quanto em longa distância, fato inédito. É como se o Bolt, além dos 100 metros, ganhasse também a prova dos 1500 metros.

Na canoa dupla, 1000 metros, ele contou com seu parceiro Erlon de Souza.  Isaquias vem de Ubaitaba (em tupi-guarani: cidade das canoas), Erlon é de Ubatã. São cidades vizinhas, separadas pelo Rio das Contas, onde eles se conheceram remando. Transportavam passageiros de um lado para o outro. Agora estão no mesmo barco, juntos e misturados. E só carregam medalhas!

isaquias

Isaquias é campeão.

 

isaquias2

Erlon de Souza também conquistou a prata.

 

isaquias 3

Lagoa Rodrigo de Freitas poderia se chamar Lagoa Isaquias.

Ah! É Isaquias!!!

É BRONZE! E É DA BAHIA!

Isaquias nasceu para o Brasil em 5 de agosto de 2016. Até a cerimônia de abertura, poucos sabiam sua existência. Agora ele e sua cabeleira entraram para a História do Esporte Brasileiro. Só ele e mais quatro atletas conquistaram duas medalhas numa só edição do Jogos. E pode vir mais!

Gente boa e gozador, ele parou pra uma entrevista rapidinha comigo  e meu amigo Smigol. Se ligaê!