ZAP ZAP, FACE, TWITTER, INSTAGRAM, VINE, VIBER, PERISCOPE, PINTEREST…

As redes sociais estão dominando o mundo. Ninguém faz mais nada na vida, a não ser atualizar e acompanhar suas timelines. São trocentos grupos de whatsapp, páginas no facebook, perfis no instagram, twitter, snapchat… As pessoas comemoram quando são mandadas embora dos seus empregos. Só assim sobra mais tempo pra postar e ler o que postaram. Além de ser um puta assunto bom pra fazer um post.

Está faltando assunto pra ocupar tantas mídias. Sai uma notícia e logo aparece um meme. Em pouco tempo, esse meme está em todo lugar que você passa. É como esses ambulantes que surgem do nada vendendo guarda-chuvas em todas as esquinas ao cair o primeiro pingo.

Você não consegue mais contar uma piada, todo mundo já conhece, tá no zap-zap e no face e no vine e no viber e no…

A última mania a que fui apresentado é o Periscope. é um aplicativo que permite qualquer mortal ter sua própria emissora. Agora todo mundo pode transmitir coisas desinteressantes ao vivo para o mundo inteiro. O problema (ou a sorte) é que normalmente ninguém está ali para assistir. Todos estão produzindo seus próprios conteúdos inúteis e transmitindo para seus seguidores que também não estão nem aí…

Agora mesmo eu deveria estar trabalhando, mas fui dar uma olhadinha no meu celular e vi que tinha mais de 300 mensagens não lidas, acabei não fazendo nada.

Aí resolvi me vingar, tomando o tempo de quem for ler esse post. Vacilei. Ninguém mais lê nada. Deveria estar com meu periscope ligado, mostrando o momento exato em que estou escrevendo! Ninguém veria também. Ao menos, as pessoas poderiam estar não vendo o vídeo ao vivo, ao invés de estarem não lendo o texto horas depois de criado, quando ele já estaria velho.