Lula marombeiro e o halterocopismo

Marcelo Madureira e Joice Hasselmann comentam o desempenho do ex-presidente Lula em uma das modalidades esportivas mais praticadas por ele: o halterocopismo. Na pauta, o rombo nas contas da Petrobras. O dinheiro desviado no esquema de corrupção do petrolão daria para reconstruir o Nepal, devastado por um terremoto no último sábado. Assista.

02-05 O Belo e a FEra

69
ao todo.

PRIMEIRO DE MAIO: CALA A BOCA, DILMA!

1 de maio

Acabei de ler no jornal: para reconstruir o Nepal (o país inteiro), vai custar cerca de 6 bilhões de dólares, muito menos que roubaram da Petrobras. No Nepal, como todo mundo sabe, foi um terremoto. Na Petrobras, até agora foi uma Pasadena, uma Abreu e Lima e um Comperj. Até agora.

Mas o povo do Nepal tem que tomar muito cuidado para que as obras de reconstrução do país não sejam feitas pelas empreiteiras brasileiras da Lava Jato. Se a Odebrecht, a Camargo Corrêa, a Queiroz Galvão e suas coirmãs ganharem a licitação, vai custar muito mais que isso. Como todo mundo sabe, para as empreiteiras brasileiras o dinheiro do orçamento nunca é suficiente. Tem que fazer os “termos aditivos”, que é para acertar com os capangas.  O pior de tudo é que a obras nunca são entregues e se por acaso terminam, acabam desabando… Lembram daquele viaduto em Belo Horizonte, perto do Mineirão?

O Brasil não é o Nepal, mas também vive em estado de calamidade pública. O Estado brasileiro é de calamidade pública. Mas enquanto isso o Lula, o ex-presidente em exercício (agora físico), divulga aquele vídeo ridículo em que aparece fazendo ginástica. O Lula  não precisa malhar, ele já é malhado diariamente pelo povo brasileiro. Lula agora resolveu virar marombeiro. Aliás, é o único jeito de ele frequentar uma academia. Academia de ginástica, é claro. No vídeo podemos ver que o ex-presidente e futuro presidiário acorda muito cedo  para a malhação. Ele chega às seis da matina, com medo de tomar uma vaia.

Na adianta fazer ginástica, Lula! Porque você nunca vai conseguir entrar na linha!

A única prática esportiva conhecida e comprovada do Lula é o halterocopismo, na modalidade levantamento de copo de cachaça. Diga-se de passagem que o Lula é campeão sul-americano de halterocopismo em quatro estilos: pura, com limão, com gelo e com vermute. E por falar em caninha, o Lula respirou aliviado quando o seu amigo big brother, o juiz Teori Zavaski, mandou soltar os empreiteiros da Lava Jato. Vamos ver se agora eles sossegam e desistem da delação premiada.

Vão todos para casa, curtir a prisão domiciliar. Todos de pulseirinha eletrônica no tornozelo. Isso vai virar moda no Brasil, quem não usar pulseirinha eletrônica no tornozelo vai ser out, por fora, não vai poder ser sócio do Country Club nem sair da depressão no Castelo de Caras. Nada como a Justiça brasileira. Aliás, para os ricos e poderosos no Brasil, a Justiça e nada são a mesma coisa. Afinal, em nosso país só pobre tem medo da polícia.

E tenho dito.

1.2mil
ao todo.

Paulo Roberto Costa e Youssef vão ver o sol nascer quadrado

Augusto Nunes comenta o balanço da Petrobras que mostra o maior prejuízo da história da companhia. Marcelo Madureira diz que a chapa começa a esquentar com a condenação de Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef. Rodrigo Constantino fala sobre o rombo na balança de pagamento: “Brasil precisa ser mais produtivo e competitivo”. E o secretário-geral da CBF Walter Feldman fala sobre a exportação dos jogadores e o trauma do 7 a 1.

FireShot Screen Capture #257 - 'Paulo Roberto Costa e Youssef vão ver o sol nascer quadrado I Vídeos I VEJA_com' - veja_abril_com_br_multimidia_video_paulo-roberto-costa-e-youssef-vao-ver-o-sol-nascer-quadrado

 

2
ao todo.

Bolsa Manifestação é o mais recente programa social do PT

Nesta semana, as manifestações antigoverno e pró-governo dominam a pauta do programa, comandado excepcionalmente pelo colunista de VEJA Augusto Nunes, que substitui Joice Hasselmann. O título de panaca da semana é entregue com louvor a um ministro falastrão. Descubra quem é o eleito de ‘O Belo e a Fera’.

Assista ao programa aqui.

 

o belo e a fera

86
ao todo.

Não percam, nova novela em Brasília: CPI da Petrobras

O colunista de VEJA Marcelo Madureira e Joice Hasselmann pintam a trama da próxima novela de Brasília. Com direito a vilão interpretado por Alberto Youssef, núcleo de terror comandado por Cerveró e Graça Foster, personagens fantasmas encarnados em Lula e Dilma e, como protagonista, a estrela do PT. Acompanhe o desenrolar desse dramalhão em ‘O Belo e a Fera’ e eleja um “panaca da semana” para chamar de seu.

Clique aqui e assista

Captura de Tela 2015-03-08 às 15.13.55

1
ao todo.

A terra começa a tremer: nomes da lista do petrolão vão vazar

04-03 giro

Lauro Jardim, do Radar on-line, acredita que nomes dos políticos contra os quais o procurador-geral da República pediu investigações vão pingar num vazamento contínuo. Marcelo Madureira aponta Collor como bem cotado no vestibular da corrupção, o ENEM do petrolão. Geraldo Samor, de VEJA Mercados, diz que a saída mais provável neste momento para a Petrobras é o aumento de capital. O colunista Ricardo Setti fala sobre o pedido de deportação de Cesari Battisti do país. E Caio Blinder comenta o discurso do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu ao Congresso americano.

Clique aqui para assistir.

140
ao todo.

THE BOOK IS ON THE TABLE – A REVANCHE

book-is-on-the-table

THE BOOK IS ON THE TABLE

Acabei de ler no site da VEJA. Uma nota na coluna RADAR, do Lauro Jardim, me informa que o ex-presidente do Banco do Brasil e atual presidente da Petrobras não fala inglês. É isso mesmo. O presidente da Petrobras não conhece a língua de Shakespeare, Keats, Bacon e Maurice Albert. É preconceito meu? É sim, puro preconceito e também inveja, talvez. Só mesmo num governo petista alguém que não estuda pode ocupar cargos tão importantes. É o triunfo da ignorância!

O que estava fazendo Aldemir Bendine enquanto não estudava inglês? Paquerando a Val Marchiori? Aliás, permitam-me uma digressão: o que vai pela cabeça de uma pessoa que nos seus momentos de lazer dedica-se a jantar com a Val Marchiori? Será que eles trocam ideias? Quer dizer, se é que eles têm alguma para trocar.

Segundo os seus biógrafos, Bendine começou a trabalhar aos 15 anos, como menor aprendiz no Banco do Brasil. De lá para cá construiu uma carreira vitoriosa sem dedicar um minuto sequer ao estudo do inglês. Com certeza Aldemir deve possuir outras qualidades, inclusive o desprendimento que o fez aceitar a missão suicida de presidir a Petrobras.

Estes são os quadros petistas. São profissionais da politicagem e da mentira. São obedientes e cumprem, com disciplina bolchevique, as tarefas determinadas pelos hierarcas do partido. É muita coisa para fazer, por isso mesmo não sobra tempo para estudar. Nem inglês.

E tenho dito.

106
ao todo.