O Rio de Janeiro está falido

O estado do Rio de Janeiro está falido! Ele chegou nesta situação porque uma série de irresponsabilidades foram cometidas por seus governadores, especialmente pelo último. Aumentando o salário do funcionalismo público, aposentados e pensionistas, aumentando a dispensa de recolhimento de impostos e gastando o dinheiro que não tinha.

1
ao todo.

Por que os pobres não votaram no Freixo?

Olhando o resultado das eleições para prefeito do Rio, eu percebo que só as elites não votaram no Crivella. O que eu acho curioso é por que os pobres não votaram no Freixo?
Curioso.
Curioso também que aqui no Rio de Janeiro os votos nulos e brancos chegaram em segundo lugar.
Tudo isso me deixa intrigado.

Gostou deste programa? Então comente e deixe o seu like.

Se inscreva no Canal do Madureira ↛ http://bit.ly/SeInscreveMane

Eu voto no Marcelo!

Carioca é esperto e malandro. Quase metade da população não votou, ou anulou o voto. Resultado: carioca terá que decidir entre dois Marcelos.

Nenhum deles é o candidato dos sonhos. Mas vamos pensando e vendo qual deles é o melhor para a cidade.
Entre o Marcelo Freixo e Marcelo Crivella, eu fico com o Marcelo Madureira.

E vocês?

Se inscreva no Canal do Madureira ↛ http://bit.ly/SeInscreveMane

2
ao todo.

UMA PENSATA

alex-schomaker-373x357

Alex Schomaker Bastos, 23 anos, foi assassinado por dois delinquentes quando saía da faculdade no Rio de Janeiro. Era uma quinta-feira, Alex se formaria biólogo na segunda-feira seguinte. Estudioso, pretendia se dedicar à pesquisa de doenças degenerativas. Sem contar a dor insuperável que a morte de Alex aflige seus familiares e amigos, eu fico pensando uma coisa: quanto custou à sociedade brasileira a formação de um cidadão como Alex Schomaker Bastos? Não somente pelo fato de ter estudado numa universidade federal, mas quanto custa para uma sociedade formar um cidadão de bem, no sentido mais amplo do termo? Incutir-lhe valores, amadurecê-lo, forjar aquilo que chamamos de cidadania. Quanto que Alex vai deixar de contribuir a esta mesma sociedade que o educou? E à Ciência? Jamais saberemos.

Por outro lado tem os bandidos que fugiram após cometer o crime. Quando forem presos pela polícia, se é que serão presos, irão para uma delegacia, se abrirá um inquérito, serão julgados, mesmo assistidos por um defensor público, serão condenados. Apodrecerão numa penitenciária pública sórdida e superlotada até o dia que conseguirão evadir, ou pior, vão recuperar a liberdade através de um desses indultos de Natal ou qualquer outro feriado. Pior, serão contemplados por uma dessas chicanas processuais, tão comuns na justiça brasileira, que reduzem as penas. Tudo isso será pago pela mesma sociedade que perdeu Alex Schomaker Bastos.

O que eu quero dizer com isso? Nada, rigorosamente nada. É só uma pensata.

E tenho dito.

 

370
ao todo.