MVB: a gênese de uma logomarca

Um belo dia, o Mu Chebabi chegou e me pediu pra bolar uma marca para os seus novos EPs, que levam o título de Música Viralata Brasileira (MVB). Ele sugeriu que a gente fizesse alguma coisa em torno da famosa marca da RCA Victor, aquela que tem um cachorro ouvindo um gramofone, junto com a frase “His master’s voice”, ou seja , “A Voz do Dono”. A partir daí a ideia evoluiu para algo bem melhor: nosso cachorro teria voz própria, seria um cantor, ou um  “cãotor”, como bem definiu o líder desse novo e vitorioso movimento musical. Nosso cachorro não ficaria docilmente ouvindo a voz do dono, mas ficaria encarando um microfone para soltar a voz e os bichos. E assim nasceu esta marca que hoje está estampada em milhares de camisetas, espalhadas pelo mundo todo… Brasil acima de tudo e MVB acima de todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *